Comportamento

Aos 42 anos, Sheila Mello publica vídeo dançando e é criticada: “Deixa isso para as novinhas”

A dançarina usou as redes sociais para responder a críticas sobre estar muito velha para dançar. Confira!



As mulheres, desde muito cedo, convivem com imposições limitantes, que tentam controlar a maneira como vivem e tomam suas decisões. Seja dentro de casa, no trabalho ou nos relacionamentos sociais, elas precisam se adaptar a “regras” que não visam ao seu bem, mas que muitas vezes fazem a diferença na sua qualidade de vida.

Muitas dessas regras nos acompanham pela vida toda e acabam ficando mais rígidas com o passar do tempo. Um exemplo claro, que muitas de nós já ouvimos, é que mulheres de tal idade não podem fazer determinadas coisas, e precisam andar, vestir-se e ter hobbies mais “comportados”.

Esse tipo de comportamento é bastante comum e faz com que muitas de nós deixemos de lado nossa personalidade verdadeira e, pouco a pouco, transformemo-nos em alguém que não somos.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@sheilamello.

Felizmente, existem mulheres que desafiam esses estereótipos e defendem sua liberdade, apesar de críticas. A dançarina Sheila Mello, que ficou famosa por participar do grupo “É o Tchan”, recentemente passou por uma situação como essa, e deu uma resposta de muita sabedoria.

Depois de compartilhar um vídeo dançando em seu perfil no Instagram, a dançarina de 42 anos acabou incomodando alguns seguidores, que não perderam tempo em deixar comentários atacando-a.


Segundo contado pelo Universa, uma usuária escreveu: “Deixa isso para as novinhas”, ao que Sheila deu um show de amor-próprio ao responder: “Porque??? Isso é minha paixão! Você largaria a sua por ‘achometros’ dos outros? Quero mais é que as novinhas e velhinhas dancem, o mundo seria melhor! Você inclusive podia dançar!”

Nos comentários, muitos usuários manifestaram apoio à dançarina, dizendo que ela estava linda e que era muito talentosa. Sheila mostrou que não há idade para fazer aquilo que amamos e que devemos cobrar respeito das outras pessoas, pois estamos no nosso direito.

Sheila ainda está novíssima e, mesmo que não estivesse, é livre para dançar e continuar compartilhando com os seus fãs aquilo que realmente a faz feliz. As imposições de idade e gênero vêm ferindo pessoas há muito tempo. Está mais do que na hora de mudarmos esse tipo de achismo dentro de nós mesmos e aprendermos a enxergar os outros com olhos mais empáticos e menos críticos. A idade é apenas um número e o respeito faz bem a todos nós!


“Avó não foi feita para cuidar de netos.” Mulher de 61 anos deixou a família e curte a vida viajando

Artigo Anterior

Desconhecidos se comoveram com menino que vendia geladinhos e acabaram com seu estoque!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.