Pessoas inspiradoras

Aos 55 anos, ela se tornou a primeira mulher oficial-general da Força Aérea Brasileira!

As mulheres podem tudo! Saiba mais sobre essa história de muita força!



Cada vez mais, as mulheres estão ocupando espaços importantes na sociedade e mostrando o seu valor e competência nas mais diversas áreas.

Carla Lyrio Martins é uma dessas mulheres que fazem a diferença, e está ficando bastante conhecida após se tornar a primeira mulher a conquistar o posto de oficial-general da Força Aérea Brasileira (FAB), em 80 anos de história. A conquista da patente mais alta da carreira militar veio aos 55 anos.

Em uma entrevista ao portal G1, a brigadeiro médica, que é natural de Minas Gerais, contou que trabalha atualmente como oficial-general do Hospital Central da Aeronáutica (HCA), no Rio de Janeiro, comandando uma equipe de 1,1 mil funcionários.


Além de médica, Carla também é especialista em medicina aeroespacial, em hematologia e hemoterapia, e possui uma pós-graduação em vigilância sanitária e epidemiológica.

A FAB passou a aceitar mulheres em 1982 e, Carla entrou menos de uma década depois, sendo a primeira da turma mista de militares. Ela serviu no esquadrão aéreo de Santa Maria (RS), no corpo clínico da Base Aérea de Fortaleza (CE), passou um tempo em São José dos Campos (SP) e, agora é diretora do Hospital Central da Aeronáutica.

Para escolher o mais pronto para o cargo, a FAB analisa tempo de serviço, resultados apresentados e comprometimento com a instituição.

Toda a sua formação a ajudou a conquistar o tão almejado posto de oficial-general, que é recebida através da indicação do Alto Comando da Aeronáutica e uma nomeação, assinada pelo presidente da República.


No entanto, ela também acredita que suas características pessoais foram importantes para lhe ajudar a conquistar essa grande vitória. Carla revelou acreditar que as mulheres são boas em trabalhos em equipe, e que suas habilidades de enxergar com amplitude, delegar tarefas e “se desdobrar em inúmeras atividades” a foram bastante úteis.

A militar também afirmou que uma parte importante de ser líder é saber escutar, e que ter a humanidade e sensibilidade das mulheres a ajudou em sua caminhada.

Para ela, sua trajetória militar, assim como os avanços na FAB, acompanha uma evolução da sociedade, não apenas das Forças Armadas. Carla também acredita que as mulheres têm provado seu valor através da qualidade de trabalho e importância nas esferas sociais, políticas, econômicas e militares.

Com essa posição importante, ela diz que tem muita responsabilidade, mas que enxerga a si mesma como inspiração e exemplo de que, através da coragem, preparo e vontade, é possível alcançarmos o que desejarmos.


Que grande conquista! Desejamos a ela muito sucesso nessa fase tão importante de sua carreira!

Compartilhe o texto nas redes sociais!

Cão idoso que vivia abandonado e “esperava sua hora” é resgatado e vive últimos dias cercado de amor!

Artigo Anterior

Cãozinho andava mais de 3km todos os dias para visitar túmulo do dono: “Guiado pelo seu amor”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.