Comportamento

Aos 65 anos, ela inspira com seu corpo escultural que mais parece um sonho. Como o conseguiu?

Capa Aos 65 anos ela inspira com seu corpo escultural que mais parece um sonho como o conseguiu
Comente!

Adriana Miranda conseguiu o que muitos consideram impossível: mudar completamente a vida depois dos 60 anos. De procuradora de estado a musa fitness!

Depois de alcançar o feito de se tornar musa fitness depois dos 60 anos, a procuradora aposentada Adriana Miranda deu um novo sentido à sua vida como influenciadora digital. Com quase um milhão de seguidores no Instagram, ela também escreveu o livro “Superando os sinais do tempo”, no qual compartilha a fórmula que encontrou para chegar bem à chamada melhor idade.

Seu novo projeto lhe traz muita satisfação, pois ela vê suas atitudes refletirem de maneira positiva na vida dos outros, ajudando essas pessoas. Ela contou que recebe milhares de depoimentos de pessoas que estavam se sentindo mal com seu corpo, com a autoestima baixa, deprimidas ou achando que estavam velhas demais. Com o seu incentivo e motivação, hoje elas dizem que se sentem muito mais felizes, pois Adriana se tornou uma inspiração. A procuradora fica emocionada a cada história que lê.

Foi com base na experiência do Instagram que a blogueira publicou o livro, no qual fala da sua relação com o corpo ao longo da vida, e mostra, mesmo a quem nunca praticou esporte, como é possível passar dos 60 anos em plena saúde física e mental. Basta uma rotina de exercícios e uma alimentação balanceada, como a de Adriana.

Adriana reconhece que o tempo é implacável e deixa marcas em todos nós, tanto boas quanto ruins. De acordo com informações da FUNCEF, seu livro traria dicas de como superar as situações negativas ao longo do tempo e assim viver bem. Para a musa, o mais importante não é chegar aos 80 ou 90 anos de qualquer forma, mas sim alcançar esses marcos com boa qualidade de vida.

2 Aos 65 anos ela inspira com seu corpo escultural que mais parece um sonho como o conseguiu

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @adrianammiranda

Adriana enfatiza a importância de uma mente tão saudável quanto o corpo. O cuidado com a saúde mental como parte de um cuidado com o corpo faz parte do livro de Adriana, cujo objetivo é ajudar as pessoas a chegarem bem à velhice.

Sem planejar, Adriana virou referência no combate ao ageísmo, ao romper preconceitos. Ela não se preocupa com o que vão dizer ao exibir o corpo atlético em trajes fitness. Vale lembrar que o preconceito não está relacionado a expor a barriga flácida ou gorda ou “tanquinho”, mas sim ao fato de que ela está fazendo isso a certa altura da vida.

Um exemplo é a popstar Madonna, que sofreu uma enxurrada de críticas nas redes sociais que mostrou seu corpo exuberante ao completar 60 anos, sedimentando mais a longa batalha que vem travando contra o preconceito de idade com as mulheres na indústria do entretenimento, afinal elas não podem envelhecer sob os olhos do público.

Tornar-se fenômeno nas redes sociais não foi planejado por Adriana, que criou o perfil apenas para compartilhar sua experiência com amigos e familiares. Ela achava que no máximo alcançaria um público de 200 pessoas, entre amigos, família e conhecidos.

Rapidamente ela angariou uma multidão de fãs e chamou a atenção da grande mídia. Uma das manchetes a chamou de “musa fitness”, e foi a partir daí que o título pegou.

Adriana é movida pela comunidade que a acompanha! São vários os relatos que a levam às lágrimas, como casos de superação, principalmente de idosos, de pessoas que agradecem a ela e ao seu conteúdo pelo incentivo e inspiração de que precisavam para começar a se exercitar mais e cuidar melhor da saúde. Se existe um ensinamento que Adriana deixa na internet é que sempre há tempo para cuidar de si e priorizar a própria saúde!

A musa chama a atenção nas redes por ser uma mulher de idade avançada e ativa, e ela reconhece que, para pessoas da sua idade, a velhice pode acarretar muitas limitações. Adriana acredita que a principal coisa que uma pessoa idosa deve fazer em situações limitantes é não se recolher, é importante que saiam de casa, ocupem os espaços e enfrentem as barreiras que aparecerem. Segundo explica, embora o ageísmo ainda seja um problema presente em nossa sociedade, ele pode melhorar.

Outro ponto crucial para a melhor idade citado por Adriana é perseguir sonhos, mesmo que o mundo grite que você está velho demais para isso.

Além de incentivar o cuidado com o corpo, essa mulher inspiradora nos ensina a importância de uma mente saudável e manter paixões, como metas e projetos pessoais, por toda a vida.
Uma influência para o bem!

3 Aos 65 anos ela inspira com seu corpo escultural que mais parece um sonho como o conseguiu

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @adrianammiranda

Comente!

Com teste positivo para covid, bebê de 13 meses morre. “Ela tinha acabado de começar a andar”, diz pai

Artigo Anterior

José de Abreu fala em “retirada geral” do Twitter após ataques de Bolsonaro

Próximo artigo