Pessoas inspiradoras

Aos 96 anos, advogada já salvou milhares de crianças do tráfico de pessoas!

Olga descobriu que tinha uma missão aos 59 anos, quando estava bem perto de se aposentar, e agora, 37 anos depois, nem pensa em parar!



Ajudar o próximo é uma ocupação que nem todos desejam ter. Por mais que a maioria da população seja incapaz de afirmar que não ajudaria alguém, no dia a dia a história é outra e, em inúmeros momentos, percebemos que poderia existir mais engajamento da população.

São crianças passando fome, violência contra a mulher, negligência com os idosos, entre outras coisas que poderiam simplesmente não acontecer, caso as pessoas decidissem agir.

Olga Murray, de 96 anos, decidiu que mudaria sua vida completamente para ajudar crianças do Nepal. Pode até parecer um discurso exagerado, ou algo que alguém jovem, sem noção das consequências, faria, mas na verdade ela começou a cuidar do próximo apenas aos 59 anos. Na época, estava bem perto de se aposentar, segundo reportagem do UOL, e acabou descobrindo o que faria pelo resto de sua vida em uma viagem pela Ásia.


Nessa viagem, enquanto visitava a cabana de um dos moradores de uma aldeia no Nepal, presenciou o momento em que três crianças precisavam dividir a amarelada e fraca luz de uma vela para fazer a tarefa da escola.

Enquanto conversava com o pai delas, Olga descobriu que tinham privilégios em relação às outras, já que conseguiam ir à escola, mesmo que precisassem andar por duas horas para chegar até lá. Depois desse contato, a advogada Olga sentiu que era aquilo que queria fazer pelo resto da vida: ajudar na educação de todas as crianças do Nepal.

Ela havia sido contagiada, principalmente, pela felicidade das crianças que, mesmo passando dificuldades, faziam questão de exibir sorrisos. Em seu livro de memórias que lançou em 2015, a advogada explica que elas eram muito pobres, mas que eram as crianças mais amáveis que existiam no planeta.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@nepalyouthfoundation.


Em 1984, durante umas férias em que estava decidida a conhecer a Índia, Olga teve contato, pela primeira vez, com o Nepal, já que estava interessada em fazer trilha perto das montanhas de Annapurna.

Desde então, ano após ano, a advogada tem voltado ao país, realizando tudo o que consegue para melhorar a vida principalmente das crianças da região. Ela criou o Nepal Youth Foundation (NYF), que educa milhares de crianças nepalesas que nunca tiveram a chance de estudar.

Olga também construiu dois orfanatos e vários hospitais pequenos nas comunidades, para que a desnutrição infantil fosse combatida de forma intensa. Além do tratamento médico, as famílias recebiam assistência nutricional, aprendendo a cozinhar de forma mais balanceada com os alimentos mais baratos que encontravam na comunidade.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@nepalyouthfoundation.


No início dos anos 2000, a fundação NYF iniciou uma campanha para erradicar a Kamlari, prática em que as meninas são vendidas para escravidão doméstica, já que pertencem a famílias extremamente pobres.

A alternativa que encontraram para manter as crianças em casa foi oferecer um filhote de leitão a cada família, para que pudessem criar e vender futuramente, sem que precisassem vender suas filhas para ter dinheiro.

A fundação não deixou essas crianças desamparadas e pedia que as famílias as mandassem para a escola, e ofereceu material escolar, uniforme, lanternas e muitos litros de querosene. Mais de 12 mil meninas foram resgatadas e devolvidas para suas famílias e, apenas 13 anos depois, o governo do Nepal aboliu a Kamlari.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@nepalyouthfoundation.


Há quase 40 anos, Olga se dedica a salvar a vida de milhares de crianças do tráfico e da escravidão, oferecendo educação, alimentação e dignidade a essas famílias. Várias dessas meninas salvas conseguem estudar, com ajuda da fundação, e aprovadas posteriormente na universidade, enchendo todos de orgulho. O número de pessoas que lutam pelas crianças aumenta a cada dia graças ao legado de Olga que, aos 96 anos, nem sequer pensa em parar de ajudar a comunidade.

Os 4 signos mais venenosos. Eles não hesitam em passar por cima dos outros!

Artigo Anterior

Menino de 11 anos comparado a Einstein se forma na faculdade e quer tornar humanos imortais!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.