Aos poucos, estou me tornando a melhor versão de mim mesma!



Eu estou aprendendo a ser mais fiel aos meus sentimentos, a doar todo o amor que tenho em mim, ao invés de me prender por medo de ser rejeitada.

Estou mais compreensiva com as pessoas e aceitando-as com todas as suas falhas e inseguranças. Estou fazendo mais elogios e sorrindo com mais frequência; fazendo mais amizades e aprendendo a controlar meu medo de ser ferida ou abandonada.

Estou, aos poucos, aprendendo a me centrar, e prestar atenção às coisas que realmente importam na vida.

Ao invés de viver em contagem regressiva até o próximo grande evento que me trará felicidade, estou procurando estar presente no agora, procurando coisas para me animar e me fazer feliz com o que tenho hoje.

Não faz bem viver esperando o amanhã. Estou fazendo minha parte para aprender a gostar das segundas-feiras, ao invés de esperar sempre pela sexta.

Lentamente, estou entendendo a importância de ser grata a tudo em minha vida, desde o chão sob meus pés até as pessoas à minha volta. As reclamações perderam o sentido. Meu cérebro está aprendendo a sempre enxergar o lado positivo.

Eu estou aprendendo a lidar com meus sentimentos com sabedoria, trocando a impulsividade pela consciência. A palavra de ordem agora é relaxar. Agora eu penso antes de falar, nossas palavras têm consequências. Ao invés de fugir dos meus problemas, eu me sento com eles como uma adulta e resolvo.



Estou, aos poucos, aprendendo a cuidar de verdade da minha saúde, não apenas da física, mas também da espiritual e mental. Afinal, do que adianta ter um corpo escultural se em seu interior você não sabe quem é e o que te faz feliz?! Estou aprendendo a valorizar meus sentimentos e expressá-los através de palavras, ao invés de me calar para agradar um outro alguém.

Agora, eu estou tratando a mim mesma assim como trato às pessoas ao meu redor, com respeito, amor, cuidado.

Parei de me comparar e me colocar para baixo, quando encontro alguém que considero “muito melhor”. Estou aprendendo a me aceitar como sou. Não sou um fardo para as pessoas em minha vida, sou uma pessoa única que merece ser feliz.

Aos poucos, estou me tornando a melhor versão de mim mesma. Uma pessoa feliz, amorosa, confiante, bem-sucedida, positiva. Uma pessoa grata ao universo pela oportunidade de estar viva e aprendendo a todo momento.

Estou seguindo o caminho do desenvolvimento pessoal e evolução espiritual. Com o tempo, estou me tornando alguém de quem realmente me orgulho.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.