ColunistasLei da Atração

Aplique a lei da atração conscientemente e comece a esperar sempre pelo melhor!

Aplique a Lei da Atração e comece a esperar sempre pelo melhor

Quando falamos sobre Lei da Atração, pensamos automaticamente em frequência e em sobre jogar energia para o Universo. Acessar essa frequência depende do nosso estado de espírito.



De onde estamos, essa energia pode parecer muito complexa, mas procure observar e compreender esse processo, como se cada um de nós tivesse uma antena que pode sintonizar a frequência desejada.

Temos o livre arbítrio para escolhermos o caminho que bem entendermos, de acordo com nossas expectativas. Nossa experiência de vida sempre será baseada de acordo com essa Lei.

Pessoas prósperas constantemente falam sobre abundância. Pessoas generosas sempre estão rodeadas por generosidade e recebem generosidade por onde passam.


Vivemos no presente o que temos emanado, portanto a lei da atração nos convida a ajustarmos a nossa frequência hoje, para transformarmos positivamente nossas experiências futuras.

Frequentemente colocamos nas pessoas mais próximas a responsabilidade pelos acontecimentos negativos ou fracassos que enfrentamos: os meus pais que me impediram de escolher a profissão que realmente me faria feliz, o meu chefe que me prometeu a promoção e não cumpriu, a inveja alheia e até o vizinho que me olhou torto e estragou o meu dia.

Será que realmente o que as pessoas nos falam tem o poder de determinar a nossa realidade? Onde fica o poder de escolha individual diante de tudo isso?

Quando começamos a entender que a Lei da Atração está presente em todos os momentos das nossas vidas, vemos que o que fará a grande diferença será manter-se positivo(a) o máximo de tempo que puder todos os dias.


Haja positivamente. Procure agradecer pelos acontecimentos positivos de modo que você aprecie essa jornada de descobertas que é a vida. Aprenda a esperar pelo melhor sempre.

Pense mais nas coisas que você gosta de fazer do que nas coisas que você não gosta de fazer. Faça listas de desejos e imagine-se realizando todos os seus sonhos. Veja-se caminhando pelos lugares que quer conhecer. Imagine o sabor do que gostaria de experimentar. Aguce todos os seus sentidos de maneira a estar de coração aberto para receber tudo que tanto deseja. Dê como certo aquilo que busca, abra o coração e se surpreenda. O processo é mais simples do que parece.

Compreendo que nem sempre seja fácil visualizar o porquê de determinadas coisas acontecerem, e que tem dias que queremos ficar em silêncio e não estamos receptivos a determinadas situações ou aprendizados, ou lições e exercícios de positividade. Em dias difíceis, tente lembrar que tudo ocorre para o nosso aperfeiçoamento.

Se você não está feliz e gostaria de algo novo, lembre-se que agora mesmo já há um processo de mudança acontecendo. O universo o trouxe até aqui, neste momento, para que você pudesse ler e refletir sobre a Lei da Atração.


Isso prova que o primeiro passo já foi dado. Você, definitivamente, está no caminho certo!

Somos seres humanos em constante aprendizado. Respeite esse tempo que você precisa para se desenvolver.

Com o tempo tudo se torna mais claro e pegamos a prática do constante exercício da positividade. Nossa mente tem uma capacidade incrível de transformação e é a ferramenta essencial que nos dá o poder de nos colocar num estado progressivo de positividade no qual nos abrimos para o melhor.

Descubra o que você quer. Que caminho você quer trilhar? O que você gosta de fazer?


A Lei da Atração nos ensina a abrir o coração para um futuro de total harmonia e equilíbrio. Esteja aberto a todas as possibilidades, com plena confiança de que o seu caminho de felicidade já está traçado.

O melhor espera por você. A verdade aparecerá. Você tem um motivo muito especial para estar no mundo nesse momento.

Confiança sempre!

 


Ama-me quando eu menos merecer…

Artigo Anterior

Nossa zona de conforto – não se pode estar bem e ser feliz, alimentando a preguiça de viver.

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.