Notícias

Apoiadores elogiam “sintonia” entre Lula e Alckmin em lançamento de chapa

Foto: Instagram
site 2

Aliados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) presentes no evento em que a pré-candidatura do petista ao Planalto foi lançada, hoje, em São Paulo, destacaram a “sintonia” com o vice na chapa, o ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSB).

“Muito importante ver a sintonia do discurso de Lula e de Alckmin em defesa da democracia, da liberdade, contra o discurso de ódio e violência pregado por Bolsonaro”, disse o senador Humberto Costa (PT-PE). O próprio Lula comentou sobre a conexão entre os discursos dele e de Alckmin, que, por estar com covid-19, participou do evento por meio de uma mensagem em vídeo.

Costa também falou da importância do contato com os apoiadores da chapa presentes no Expo Center Norte, na capital paulista. “Foi um evento marcado por muita emoção. Isso é o que move a militância, fazendo com que a população vá para as ruas”, acrescentou.

Questionado, o senador falou sobre a importância de Dilma Rousseff —no fim do discurso, Lula falou diretamente sobre o assunto para a ex-presidente. “Ela vai ter um papel na campanha. A Dilma tem muito respeito de parcela significativa da população e vai nos ajudar”.

O ex-governador do Maranhão Flávio Dino (PSB) afirmou que o tom a partir de agora deverá ser propositivo e que o objetivo é seguir aumentando a aliança.

“Ele comparou com o legado que Lula representa, de quando presidiu o país e conseguiu melhorar os indicadores sócio-econômicos e, ao mesmo tempo, apontou para o futuro, ressaltando a importância de ter paz social”, avaliou Dino. “Vamos fazer uma grande frente ampla e vencer a eleição”, afirmou o ex-governador.

O deputado federal Marcelo Freixo (PSB), pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro, reforçou o posicionamento de Alckmin, projetado em um telão no fundo do palco. “Ele foi muito feliz ao falar que só temos uma via, que é a da democracia. O nosso adversário hoje é o fascismo. A gente tem que derrotá-lo. Pelo futuro dos nossos filhos”.

0 %