publicidade

Após 62 anos de união, casal morre de covid-19 no mesmo dia: “Nem a morte os separou”

O simpático casal se conheceu na juventude, construiu uma grande e linda família, numa parceria admirável que não terminou nem mesmo na hora da morte.



Hoje, apresentaremos a vocês mais uma linda e emocionante história de amor que, infelizmente, terminou de forma trágica, mas também simbólica! O senhor Antônio Manuel Emboava, de 83 anos, e a esposa Maria de Lourdes de Paula Emboava, de 76, construíram uma daquelas histórias de amor típica de um bom romance ou novela. Eles moravam na cidade de Artur Nogueira, no Estado de São Paulo, e foram casados durante 62 anos!

Eles se conheceram jovens, casaram-se, tiveram uma família linda com dez filhos e, assim como tudo que construíram ao longo da sua caminhada, também partiram desta vida, juntos. Os dois morreram no mesmo dia de covid-19, essa doença que tem assustado milhares de pessoas pelo mundo todo.

Quem confirmou a linda parceria do casal foi a filha de seu Antônio e dona Maria, a pensionista Valdete Emboava, de 53 anos. Em entrevista ao portal G1, ela comentou que o casal foi “unido por Deus” e o reflexo disso é que nem mesmo a morte foi capaz de separá-los. “Isso foi Deus”, disse a filha. Valdete lembra de alguns momentos felizes que os pais viveram nesse último ano e que vão ficar para sempre na memória da família. O pai completou 83 anos em junho deste ano.


Infelizmente, eles foram infectados pelo vírus causador da doença.

Valdete conta que o casal começou a apresentar os primeiros sintomas depois de receberem uma visita de um amigo que também teve a doença, mas se curou. A sua mãe não estava indo nem mesmo à igreja, por medo, e o seu pai também não saia de casa porque tinha muitas dores na perna.

Eles ficaram internados por seis dias até o fatídico dia. Antônio morreu por volta das 5h30, enquanto Maria de Lourdes faleceu às 18h30 do mesmo dia.

Segundo a pensionista, a mãe foi embora, pois já teria cumprido a sua missão. Ela até brincou, dizendo que “se sua mãe não ganhasse o céu, ninguém mais ganharia”.


A filha admite que perder os pais, no mesmo dia, causou a ela uma dor quase insuportável!

Perder um pai e uma mãe, segundo Valdete, deixa uma ferida muito dolorosa no peito da gente, mas ela diz que orou muito a Deus, pedindo força para que Ele pudesse confortar o seu coração. Além dos dez filhos, o casal deixou para trás dezessete netos, vinte seis bisnetos e cinco trinetos. Sem dúvida, lá do céu, o senhor Antônio e dona Maria estão olhando por cada um dos seus familiares.

Você também se emocionou com a história desse casal apaixonado?

Responda nos comentários e não se esqueça de compartilhar este texto!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.