Comportamento

Após comentário pejorativo sobre autismo, Latino vira centro de polêmica na web

O comentário do cantor lhe rendeu muitas críticas nas redes sociais. Confira!



O transtorno do espectro autista (TEA) afeta 70 milhões de pessoas em todo o mundo, 2 milhões apenas no nosso país, segundo informações da OMS.

Muitos de nós temos ou já tivemos em nosso convívio pessoas afetadas pelo transtorno, seja dentro da família, na escola ou até mesmo no ambiente familiar, e fomos descobrindo como funciona sua personalidade e qual a melhor maneira de conviver e criar laços com elas.

Entretanto, embora muitos saibam respeitar as diferenças e promover a inclusão dessas pessoas na sociedade, ainda existe muito preconceito em relação aos autistas, seja na hora de incorporá-los em nossas vidas, de se referir a eles ou mesmo à sua condição.


A falta de compreensão das pessoas sobre o TEA pode dar origem a muitos momentos e falas que soam bastante preconceituosas, e hoje em dia, a comunidade e a sociedade de maneira geral estão muito mais atentas a esse tipo de comportamento, condenando-o duramente.

Recentemente, o cantor Latino, de 48 anos, foi alvo de muitas críticas por se referir de forma pejorativa ao autismo. De acordo com a Revista Quem, Latino foi entrevistado pelo podcast Inteligência Ltda, no YouTube, em que comparou o autismo a uma fase na carreira dos artistas, mas de uma maneira bastante negativa.

Latino disse que todo artista tem quatro fases em sua carreira: a primeira ele chamou de “humildade”, e definiu como o período em que o artista é simpático com todos ao seu redor. A segunda, de “euforia”, salientando que é quando ele se acha “o cara” e quer estar em todos os lugares.

A terceira fase, Latino chamou de “autismo”, classificando como o período da carreira similar ao de muitos políticos, “que não querem ouvir ninguém” e se fecham no seu mundo, “não ouvindo o empresário e a gravadora”. Ele finalizou sua série de comparações com a quarta fase, que chamou de a “mais triste”, que acontece quando o artista “cai na real”.


A “Isto É” apurou que alguns membros de organizações sobre o autismo e pais de autistas criticaram Latino nas redes. Um dos responsáveis pelo perfil do Instagram “O autismo nas pontas do pé” falou que vive uma “luta incansável contra o capacitismo e o preconceito”.

Percebendo as dimensões de sua fala, Latino enviou um pronunciamento à colunista Fábia Oliveira desculpando-se. O cantor afirmou que não tem nenhum tipo de preconceito e que respeita todos os tipos de pessoas. Ele ainda acrescentou que não teve a intenção de menosprezar ou ofender a ninguém.

As mulheres destes signos são as que mais se humilham no amor. Elas se rastejam diante dos amados!

Artigo Anterior

Gaúcho que perdeu os pais para o câncer cruzou o país para doar medula óssea e salvar uma vida

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.