Notícias

Após ligação de Whindersson, Leo Picon se desculpa por polêmica com criança

Depois de causar polêmica por chamar uma criança de “traficante de informações”, Leo Picon pediu desculpas pela atitude após receber uma ligação de Whindersson Nunes.



“Acabei de receber uma ligação de um cara que eu gosto muito, que é o Whindersson, e a partir da nossa conversa ele pôde me explicar porque a minha brincadeira reverberou tanto”, iniciou o influenciador de 25 anos em uma sequência de Stories.

“Eu pude entender a ferida que eu mexi, eu gostaria de pedir desculpas a todos, ao garoto, à família, estou tentando entrar em contato com eles”, disse Picon, que afirmou que a sua intenção não era ofender.

Eu tava a fim de criar conteúdo, de criar situações engraçadas, e dentro desse contexto essa brincadeira não pegou bem. Num primeiro momento, quis me defender, mas ter tempo pra pensar é muito importante pra tudo na nossa vida, conversar com pessoas também, assim como ele conversou [comigo].


“Eu me preocupei muito em explicar minhas intenções, mas nem sempre nossos resultados estão alinhados com nossas intenções”, continuou, agradecendo Whindersson pela ligação.

“Gostaria de agradecê-lo demais pela mensagem, pela preocupação e deixar claro, diante de todas as mensagens que eu li, que eu tenho muito carinho, muito respeito por todas as pessoas de todos os lugares do mundo, de todas as formas, de todas as maneiras de se expressar”, disse Picon.

Entenda

Ontem, em viagem a Recife, o empresário gravava uma série de Stories falando em espanhol quando decidiu mostrar como se fala com um “traficante” da cidade pernambucana. Ele, então, filmou enquanto pedia informações a uma criança na rua e escreveu: “Traficante de informaciones”.


O vídeo repercutiu de forma negativa e o nome do influenciador logo ocupou os Trending Topics do Twitter. Mais cedo, Picon usou suas redes para se defender das críticas e disse que foi tirado de contexto.

Eu vinha fazendo vários vídeos em espanhol e lidando com o que eu estava vivendo no dia a dia, lá em espanhol, em tom de brincadeira, como se fosse algo voltado à la mafia espanhola porque hablar en espanõl es un estilo de vida. Eu me referi a uma criança como traficante e eu filmei isso. Fiz questão de escrever ‘traficante de informação’ porque, pô, dentro do contexto todo.

Fantasma? Vídeo flagra moto andando sozinha após suposta morte do dono

Artigo Anterior

Luísa Mell revela já ter atropelado homem ao resgatar cachorro

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.