Notícias

Após polêmica, tatuador diz que influenciadora aprovou o desenho e pede retratação

Foto: Instagram
tatuagem

Na última semana, Nathalia Valente viralizou com, um vídeo em que chorava e dizia ter se arrependido de uma tatuagem. A influenciadora mostrava uma referência e dizia que o desenho não saiu como ela pediu. Após a polêmica, Bruno Ferrer, o tatuador responsável pelo trabalho, se pronunciou e disse que a jovem aprovou a arte final, que ficou idêntica ao resultado.

Por meio de uma nota oficial, o advogado do tatuador diz que Nathalia procurou Bruno para a realização da tatuagem em junho de 2022. Segundo o comunicado, a influenciadora enviou a imagem divulgada nas redes sociais para o profissional usar de referência e no estúdio ele mostrou a arte final para a cliente, que teria aprovado o desenho integralmente.

“Assim, diante da visualização e aprovação da arte final pela influenciadora, os trabalhos foram iniciados. É importante esclarecer que, durante os trabalhos, Bruno Ferrer fotografou todas as etapas e gradativamente mostrava à Nathalia, para que esta pudesse acompanhar, e todas as vezes reiterava a aprovação”, diz a nota.

Bruno também gravou um vídeo ao final do trabalho, no qual Nathalia aparece elogiando o resultado. “Ficou linda, né? Só doeu, mas ficou maravilhosa”, teria dito a influenciadora. De acordo com o advogado, a gravação será divulgada em um momento oportuno.

“Esclarece a todos que não houve erro na realização dos trabalhos por Bruno Ferrer e, diante da aprovação da arte final pela influenciadora, Bruno seguiu fielmente a arte outrora validada. Por óbvio, caso a arte final não tivesse sido validada por Nathalia, não teria motivos para a continuidade dos trabalhos”, continua o comunicado.

Por fim, a nota diz que Nathalia está divulgando a imagem de referência “com leviana intenção de criar dissonância entre os desenhos” e que a arte apresentada por Bruno está “idêntica ao resultado final da tatuagem”. O tatuador pede uma retratação pública e diz que se necessário entrará com as medidas cabíveis contra a influenciadora.