4min. de leitura

Aprenda a mudar de direção. Só deixe ficar na sua vida o que lhe trouxer felicidade!

Aprenda a mudar de direção, quando no caminho que escolheu há várias placas que sinalizam não.

Insistir em algo que não há energia e alimento é sinal de sofrimento. Só vai ficar o que não veio para ficar, porque o que veio para ficar se encarrega de se manter no seu devido lugar ou esforça-se para construir o que é para “ser”.


Às vezes temos dificuldade de aceitar o não do outro, insistimos, sofremos. Envoltos pelo véu da ilusão, não conseguimos pôr freios às emoções que pedem que insistamos em algo que, se fosse real, desilusão não causaria, porque só causa dor o que se originou a partir de uma emoção que gerou ilusão, ao invés da lucidez que nos faz perceber que longe da realidade e da verdade está o desejo que a fez nascer.

Viva, ame, siga, mas fique atento ao caminho, não insista num desejo que nada lhe retorna, não diga que está com saudade e contente-se com um silêncio ao invés de uma resposta de reciprocidade.

Não queira insistir em cultivar uma planta que somente você coloca adubo, enquanto o solo se apresenta aparentemente infértil, ou o envolvido ou os envolvidos, com palavras e ações colocam germicidas ao invés de sais minerais, água e adubo, importante para o processo vital de crescimento.

Sendo assim, nos encontros da vida aprenda a seguir o seu caminho crente de que, quem não sabe ou não está pronto para reconhecer a sua importância em sua vida e não quer ao seu lado permanecer, talvez apenas veio lhe  ensinar  a se valorizar,  ao ponto de fazê-lo reconhecer que insensatez é insistir em algo que só mostra que não tem vez.


Reconheça e encontre o seu amor-próprio, deixe a lágrima da saudade dar lugar à lágrima da sensatez. E lembre-se: são nas mudanças das páginas da vida que vamos construindo o livro da nossa história; e só chega uma página nova quando aquela que você insiste em permanecer, e algum tipo de dor lhe provoca, for virada. Sim, virada totalmente, dando lugar a uma nova e com ela deixando nascer toda a possibilidade de uma feliz nova história.

E não importa qual é o tempo de construção de cada página na sua vida, meses ou anos; o que importa é saber reconhecer o momento de virar aquela que já mostrou que não há de permanecer.

Sim, reconheça o seu valor e só deixe ficar em seu coração o que contribui para a sua felicidade. Afaste-se de tudo o que lhe provoca dor, mesmo que o afastamento for contrário à sua vontade.

Sim, o amor ainda é o melhor remédio, mas quando não temos amor-próprio, toda relação terá um efeito tóxico, ao invés de proporcionar o efeito construtivo que um sentimento pode proporcionar!


_____________

Direitos autorais da imagem de capa: franz12 / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.