ColunistasComportamento

Aprender a ter paciência é fundamental

Aprender a ter paciência é fundamental site

Aprender a ter paciência, esse é o segredo para não sofrer tanto com os momentos difíceis da vida.



Mas quem disse que é fácil?

Este ano, para mim, está bem complicado, em vários aspectos, desde o profissional até o emocional. Penso muito sobre o que estou enfrentando, vivendo, sentindo. São tantas frustrações, angústias, decepções, falta de paciência e, principalmente, cobrança pessoal, ainda mais para alguém que quer abraçar o mundo e ver os resultados acontecerem hoje.

Esses dias li muitos textos motivacionais, vários dizendo que devemos ter paciência, que tudo na vida acontece na hora certa e toda dificuldade vem, mas que serve para o nosso amadurecimento, para que nos tornemos mais fortes.


São conselhos que lemos e ouvimos das pessoas o tempo todo, não é novidade, mas parece que, às vezes, esquecemos.

De vez em quando surge aquela vontade de gritar, correr, jogar tudo para o alto, abandonar e desistir de coisas que conquistei só para ter paz. Mas vejo que as consequências podem ser muito piores e sei que não conseguimos nos livrar de problemas, se fugirmos deles. É preciso enfrentar.

Lembrei de uns dias atrás que desabafei com uma pessoa que eu mal tinha intimidade, mas que gosto e que isso me fez sentir melhor. Ela não precisou falar muita coisa, só me escutar e entender. Desabafei também com alguém que sou muito íntima e percebi o real problema, que eu estava me deixando abalar muito pelas coisas que ouvia, pela forma de ser tratada e por dar ouvidos a quem me avaliava, sem me conhecer direito. O certo é ignorar, se possível, ou me afastar.

Vi-me consolando pessoas que estavam aos prantos ali do meu lado, e a minha vontade era de chorar junto. Geralmente, consolo as pessoas fazendo-as rir, porque nunca sei o que dizer nessas situações, e acho que quando fazemos dessa forma, conseguimos aliviar um pouco a situação. Mas sabe o que fiz dessa vez? Dei conselhos otimistas, que serviam até mesmo para mim.


Nessas horas tento sempre pensar no lado positivo, nas coisas boas que os sofrimentos proporcionam, isso é o que me motiva a continuar seguindo o meu caminho. Lembrei dos meus pedidos de fim de ano e um deles era ter mais maturidade, mas não pensei que para isso fosse preciso sofrer, afinal, não amadurecemos só nas diversões e momentos bons da vida, não é mesmo?

Sei que o que nós seres humanos mais precisamos é ter a tal da paciência e deixar as coisas fluírem.

É preciso respirar fundo e ter a certeza de que “na vida tudo passa”, como canta o Túlio Deck em uma música, uma das minhas favoritas nesses tempos complicados. Lembrei também de uma frase ótima que um amigo meu sempre fala: “Joga para o universo, que ele resolve”.

E é essa lição que temos que levar para a vida, deixar que o universo ou Deus, resolva as coisas que não podemos.


_______
Direitos autorais da imagem de capa: highwaystarz / 123RF Imagens

Dias depressivos: quem nunca os teve?

Artigo Anterior

Aprenda a enxergar o lado bom da vida! aprenda a enxergar o lado bom que existe em você!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.