Notícias

Após demissão, apresentadora da Record expõe supostos casos de machismo

Sem Titulo 1 48

A jornalista compartilhou com o público alguma das situações que viveu dentro da emissora. Confira!



Uma ex-apresentadora da rede Record de Goiás dividiu uma parte de sua intimidade no trabalho após ter sido demitida da emissora.

Segundo informações, Mariana Martins, que era apresentadora no estado de Goiás, comunicou aos fãs que foi demitida na manhã do dia 25 de maio. Em um vídeo nas redes sociais, a profissional explicou ao público que, durante o trabalho na emissora, foi vítima de supostos episódios de machismo e constrangimento.

A jornalista, que apresentava o “Balanço Geral Manhã” de Goiânia, contou que já havia ouvido de uma gerente mulher que não andava da forma correta, e que deveria “sensualizar” menos quando fosse falar.

Embora esse acontecimento não tenha sido nada agradável, para Mariana, a pior situação ocorreu no dia 4 de maio durante uma reunião com outros profissionais da emissora.


Na ocasião, segundo a jornalista, alguma de suas fotos, publicadas nas redes sociais foram expostas e tachadas como “bonitas demais”.

Mariana ouviu que o jornal havia perdido audiência e, ao tentar argumentar sobre o fato de que isso não é culpa das pessoas, se deparou com fotos suas de biquíni, que a constrangeram, seguidas de um conselho para mudar o ser perfil, se quisesse recuperar os telespectadores.

A profissional ainda foi além, denunciando que a emissora lhe dava exemplos de jornalistas de outros estados nas redes sociais, e a pressionava a mudar a forma como se apresentava em seu perfil pessoal.

Mariana disse não achar essa atitude correta, esclarecendo que não é mencionado no contrato que a emissora deva gerir as redes sociais de seus funcionários.


A jornalista também disse que a emissora faz “pressão, tortura psicológica com as mulheres” quando o correto seria que se importasse com o bom jornalismo praticado por elas. A emissora, por sua vez, afirmou que a jornalista foi demitida por “questões profissionais”.

Menino interrompe padre, durante missa, com pedido de oração para padrinho intubado com covid-19

Artigo Anterior

Depois de viralizar em ‘festa do beijo’ durante pandemia, jovem diz se arrepender

Próximo artigo