Notícias

Apresentadora da Record é demitida e expõe supostos casos de machismo

Mariana Martins, apresentadora da Record em Goiás, comunicou aos fãs que foi demitida na manhã de hoje. Ela compartilhou um vídeo em que relata supostos episódios de machismo e constrangimento sofridos por ela na emissora.



Cheguei a ouvir de uma gerente, mulher, que talvez meu jeito de andar não era o certo. E que eu deveria sensualizar menos na hora de falar.

A jornalista, que apresentava o “Balanço Geral Manhã” na capital goiana, afirmou que a pior situação aconteceu em 4 de maio, quando fotos de suas redes sociais foram expostas e colocadas como “bonitas demais” durante uma reunião com profissionais da emissora.

Mostraram que o nosso jornal perdeu audiência. Tentei argumentar que a culpa não é das pessoas. Na sequência colocaram fotos minhas de biquíni, gerando constrangimento, e disseram que eu tinha que transformar o meu perfil, ser outra pessoa, para recuperar o público.


Segundo Mariana, ela pressionada por conta de suas redes sociais, recebendo da emissora exemplos de jornalistas de outros estados e pedidos para mudar a própria imagem no perfil pessoal do Instagram.

Isso não está certo. No contrato não diz que eles podem gerir as nossas redes sociais. É a minha individualidade. Eles fazem pressão, tortura psicológica com as mulheres. A preocupação tinha que ser com o bom jornalismo.

 


 




Ver essa foto no Instagram



 

Uma publicação compartilhada por Mariana Martins (@marianamartins.tv)

Criança interrompe missa e pede oração pelo padrinho intubado com covid-19

Artigo Anterior

Jovem que viralizou com ‘festa do beijo’ no CE diz que se arrepende

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.