Pessoas inspiradoras

Aprovado em Medicina aos 14 anos, sergipano conclui graduação e se torna o médico mais jovem do Brasil!

O jovem provou que é dono de uma inteligência única e tem um grande futuro!



José Victor Menezes Teles conquistou algo inédito na vida pessoal e profissional aos 20 anos de idade. Segundo contado em matéria do UOL, o sergipano conquistou o diploma de Medicina pela Universidade Federal de Sergipe (UFS).

O jovem foi aprovado na instituição no começo de 2015, quando tinha apenas 14 anos, e precisou de autorização judicial de sua proficiência educacional para que pudesse cursar a faculdade, já que não tinha terminado o ensino médio.

Com a conclusão do curso, José se tornou o médico mais jovem do país, e já deu entrada no pedido de registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) de Sergipe.


José também já escreveu o livro “Como vencer aos 14”, sobre a sua jornada até a universidade, e é seguido por mais de 30 mil pessoas no Instagram, onde frequentemente posta atualizações sobre sua rotina.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@dr.victorteles.

Apesar de sua inteligência, foi bem-sucedido na faculdade graças à sua dedicação e esforço. O médico disse que tentou se adiantar o máximo possível, pegando mais matérias, para que pudesse ficar menos sobrecarregado perto do final do curso.

José foi o único da sua turma a se formar em maio. Ele conseguiu conquistar o diploma mais rapidamente por ter servido em “O Brasil conta comigo”, programa federal criado durante a pandemia de covid-19, que lhe concedeu a carga prática necessária para pedir a antecipação da formatura.


O jovem médico contou que passou 19 semanas na linha de frente, além de sempre se empenhar em conseguir plantões por fora. Ele pegava de dois ou três plantões de 12 horas por semana. Nessa nova etapa de sua carreira, ele está escrevendo outro livro, “O médico mais jovem do Brasil”, retratando a trajetória no ensino superior.

José ainda não pensa em escolher sua especialidade, pois está focado em ajudar a combater a covid-19, voltando para a linha de frente como profissional, embora acredite que optará por uma área cirúrgica.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@dr.victorteles.

Hyder Aragão de Melo, que foi seu professor de propedêutica, disse que José sempre chamou sua atenção, especialmente pela capacidade, e que vê nele uma “inteligência emocional muito grande”, sendo capaz de “trabalhar as frustrações negativas de uma forma plena”. Ele ainda expressou que o jovem tem as características para ser um bom médico.


José é um orgulho para o nosso país e um exemplo de que a dedicação e as oportunidades podem nos levar muito além de onde imaginamos chegar. Que ele tenha um futuro incrível pela frente!

Professora perde emprego na universidade por ter fotos “picantes” em suas redes sociais

Artigo Anterior

Depois de fazer prova em trabalho de parto, mãe solteira se forma em Harvard e leva filha à formatura!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.