Aprovado projeto que proíbe animais serem mutilados por estética

A preocupação com a estética e aparência dos humanos parece não conhecer limites. Mudamos constantemente nossos corpos para nos encaixarmos em padrões e perdemos cada vez mais o contato com nosso interior, com quem realmente somos.

Infelizmente, estendemos esse hábito até mesmos aos animais, criaturas puras que são feitas de amor e lealdade. Mutilamos parte de seus corpos para que fiquem mais “bonitos” ou “dentro dos padrões estéticos”, conscientes ou não do quanto essa prática é tóxica e quando reflete a falta de limites de nossa sociedade.

Felizmente, existem pessoas que conseguem enxergar que essas práticas são destrutivas e precisam ser paradas. Pessoas que lutam pelos direitos e vidas dos animais e causam e que aos poucos estão transformando a vida de muitos deles.

O bom exemplo de hoje vem da Argentina, nosso país vizinho, que se conscientizou da gravidade das mutilações dos animais e decidiu acabar com essa prática no país. A Câmara dos Deputados de Buenos Aires aprovou a iniciativa.

Ainda é preciso que o Senado do país aprove também, mas é muito provável que o resultado seja positivo, e mais animais possam ser poupados desse sofrimento desnecessário.

A legislação da Argentina regulará o abuso de animais e meras intervenções estéticas, mas permitirá as práticas que tiverem objetivos terapêuticos ou de recuperação.

O principal objetivo com essa medida é preservar a integridade física e psicológica dos animais.

Os donos de animais que insistirem nas mutilações serão multados financeiramente. As multas podem variar de 2 a 5 salários mínimos, além de medidas restritivas à posse de animais. Os profissionais que continuarem a praticar as mutilações serão suspensos de suas funções por um período de 3 a 6 meses.

Essa notícia nos traz alegria e esperança. Muitos animais serão poupados na Argentina.

Esse um primeiro passo para que os outros países se conscientizem e realmente protejam os animais, que muitas vezes não conseguem proteger a si mesmos.

Os animais são lindos, por dentro e por fora, e devem ser respeitados da maneira que são. Que a atitude da Argentina dê o exemplo para as todas as nações.

Compartilhe esse grande exemplo com seus amigos!




Deixe seu comentário