AmorColunistasRelacionamentos

Aquele beijo na testa…

aquele beijo na testa

Ele estava sentado no banco bem na minha frente. Com fones de ouvido, ouvindo ou não alguma coisa e parecia estar inquieto.



Ele se mexia o tempo todo, olhava para os lados e com certeza existia alguma angústia dentro dele.

Eu mesma não dei muita atenção. Peguei meu livro e continuei a ler.

Até que ele muda de banco e senta ao lado de uma mulher.


aquele beijo na testa

Eles claramente se conhecem. Provavelmente marido e mulher, namorados, amantes.

Ela fala alguma coisa para ele que é impossível de ouvir.

Ela olha para os lados com medo de alguém perceber o que está acontecendo entre os dois e lá estou eu tentando dar uma de enxerida.


Nossos olhares se cruzam e, imediatamente, eu olho para o relógio do ônibus. Nem sei que horas eram!

Eles conversam, com caras amarradas. Quando ele tira os dois fones de ouvido, passa o braço por trás dela e dá um beijo na testa.

Beijo na testa! Sempre fui apaixonada por eles!

É aquele beijo de carinho, de respeito, de cuidado. Que pais dão em filhos, netos dão em avós, maridos dão em esposas.


Não consigo visualizar alguém dando um beijo na testa de outra pessoa se não tiver muito amor envolvido.

E como num passe de mágica parece que tudo acabou.

Pensando bem não foi mágica, foi aquele beijo na testa.


A noiva que não saiu de mim…

Artigo Anterior

Culto aos extremos…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.