publicidade

Aquilo em que te focas é aquilo que recebes!

“Ouve-te! Olha para ti!” Aquilo em que te focas é aquilo que tu recebes.

Desde pequena, sonhar acordada é o meu passatempo preferido.



Adoro ser transportada para um mundo à minha escolha, em que o cenário sou eu que decido. Sinto-me a voar, a flutuar de felicidade.

Ainda hoje é assim. Quando fecho os olhos e visualizo, sinto arrepios por todo o corpo que me evidenciam que o poder dos meus sonhos é enorme – e que é tudo.

Viemos para este mundo para realizarmos os nossos desejos, verdade?


Tudo o que aprendi levou-me a confirmar que assim é.

Viemos para viver situações contrastantes, que nos ajudam a definir com precisão o que queremos e o que não queremos.

Vemos pessoas que vivem a vida dos seus sonhos, outras, talvez não tenham tido a mesma sorte, passamos por momentos inesquecíveis e outras vezes momentos que apenas queremos esquecer.


E com isso formamos desejos, sonhos, objetivos. Isso toda temos, sabendo conscientemente ou não.

Mas a pergunta feita com mais frequência é: “Como?”
Como fazer com que meus desejos tornem-se realidade?
Será que tenho de trabalhar duro e sacrificar o corpo, mente e alma para ter o mínimo do que quero?
Preciso de uma confirmação dos outros de que sou merecedor?
Será que sou bom o suficiente?

Refleti bastante em todas estas questões pela minha vida fora, mas hoje de manhã tive um insight  valioso. A pergunta mais repetida por mim tem sido: “quão bem me posso sentir agora?”

Por saber que as minhas emoções indicam a proximidade dos meus sonhos, e do quanto estou a permitir que fluam para a minha vida, é essa a pergunta e em mim está a resposta, no momento do agora.

Quão maravilhosa me posso sentir neste momento?
O que é que me faz sentir bem?
Quão conectada consigo estar com o Universo?
Que coisas é que me fazem feliz agora?

E ao fazer estas perguntas, por já ter praticado tanto tempo a presença do que quero e do que gosto, muito mais do que a ausência, sinto em mim esta energia boa, que me banha por completo. 

“Quando dou a minha atenção ao que me eleva o espírito, as questões complicadas como a maneira como virão os meus desejos e o que preciso fazer dissipam-se”.

Entendo que as respostas para o específico estão no Universo – nos sinais que me manda, nas pessoas que cruzam o meu caminho, nos impulsos inexplicáveis para agir, nas ideias súbitas que tenho. Tudo isso são respostas que fluem naturalmente quando paramos de perguntar e estar ansiosos.

A realidade pode chamar-nos a atenção muitas vezes, com as suas obrigações, responsabilidades, e pessoas que nos dizem o que fazer e como viver. “Ouve-me! Olha para mim!”, parecem elas dizer, com as suas chamadas de atenção ao que é (ou parece) importante.

Sabes o que é importante? Tu.

Os teus desejos, os teus sonhos, os teus objetivos, são o centro do teu mundo, e o Universo tem toda a sua atenção neles, tanto que quando não dás a devida prioridade ao que queres, ele envia-te sinais dizendo: “Ouve-te! Olha para ti!”

Aquilo em que te focas é aquilo que tu recebes. O trabalho não se trata  de escrever, pedir e afirmar fervorosamente o que desejas, vezes e vezes sem conta. O teu trabalho é sonhar acordado.

Usas a tua imaginação para te preocupares, criando situações que nem aconteceram, mas que possivelmente podem acontecer. E adivinha? Muitas vezes acontecem.

Por isso, podes, em vez disso, usar a tua imaginação para criar o que realmente queres: sintonizando-te gentilmente na realidade que preferes, nos pensamentos que condizem com a maneira que queres ver uma determinada situação, ou visualizando, alguns minutos por dia, os cenários mais belos e positivos que podes criar.

Tudo isso para te sentires bem agora, até que fiques viciado em emoções positivas, e então não tens alternativa senão manter esse hábito.

Sê audaz ao ponto de ignorar a realidade física (que faz parte da tua vibração passada, por isso é passado) em favor da realidade que criaste e que preferes. Podes fazer isso agora mesmo. Começa com o que tens sempre contigo: a tua mente.

Cláudia

 ____________

Direitos autorais da imagem de capa: antikainen / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.