Animais

Arriscando a própria vida, tutor faz “escudo humano” para salvar cão do ataque de dois pit bulls

Esse homem foi um verdadeiro herói na vida do seu cãozinho e mostrou o significado do amor verdadeiro!



Para algumas pessoas, os animais de estimação são apenas companhia. Para outras, são como uma parte de sua família, por isso estão dispostas a fazer o que for necessário para garantir que estejam sempre seguros.

Um homem da Rússia recentemente demonstrou que valoriza o bem-estar do seu companheiro canino mais do que a própria vida ao protagonizar um gesto incrível de amor e heroísmo, que tem se tornado bastante popular nas redes sociais.

Na manhã do último dia 29 de junho, enquanto passeava com o animal idoso pelas ruas de São Petersburgo, dois pit bulls atacaram o cão. Percebendo que se tratava de uma situação muito séria, o tutor, sem pensar duas vezes, cobriu seu velho cão com o próprio corpo, em uma tentativa abnegada de protegê-lo, em uma cena comovente, que foi gravada por pessoas que testemunharam o ocorrido. Infelizmente, o ataque dos pit bulls foi sério, prejudicando tanto o cão quanto o humano.


Segundo contado pelo portal de notícias local Komsomolskaia Pravda, o animal teve seu couro arrancando, bem como mordidas no corpo inteiro e foi operado, os médicos disseram que ele sobreviverá. Seu tutor teve ferimentos sérios, mas também está bem.

Segundo os moradores da região, os pit bulls há tempos vêm atacando pessoas e cães, muitas denúncias já foram feitas, mas o dono não se manifesta nem coloca coleira ou focinheira nos caninos.


O caso, que chamou a atenção das pessoas do local não apenas pela atitude do dono, mas pela falta de segurança, foi investigado pela polícia de São Petersburgo. Em 1º de julho de 2021, a sede do Ministério da Administração Interna informou que os participantes do incidente foram prontamente identificados.


O homem atacado pelos pit bulls disse que, em sua opinião, o que aconteceu foi um acidente e que não tinha intenção de procurar ajuda médica ou prestar queixas. A polícia também confirmou que, em 2020, três reclamações foram feitas sobre os animais.

Outras violações do dono dos cães vieram à tona e os materiais necessários foram encaminhados ao poder executivo para que possa prestar contas à Justiça, finalizou a polícia.

Deixando de lado o histórico do dono dos pit bulls, a atitude do tutor do cão idoso foi incrível, um gesto de amor verdadeiro e altruísta, de colocar o bem do outro acima do nosso.

Seu exemplo nos mostra que há pessoas de coração incrível no mundo, que tratam seus animais com o respeito e consideração que merecem. Ficamos felizes por essa história ter tido um final feliz!


Aos 72 anos, este senhor sem pernas já plantou mais de 17 mil árvores e salvou uma floresta inteira!

Artigo Anterior

Oxford começou a testar vacina contra o vírus HIV em voluntários!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.