Comportamento

Artesã africana transforma pneus velhos que iriam para o lixo em móveis cheios de personalidade

capa Artesa africana transforma pneus velhos que iriam para o lixo em moveis cheios de personalidade
Comente!

Ramatoulaye faz um trabalho que chama a atenção nas redes sociais, criando móveis vibrantes e coloridos a partir de pneus que encontra em terrenos baldios.

A cada ano, a quantidade de lixo produzido aumenta, mostrando que nossos resíduos são um grande problema para o ambiente em que vivemos. Tudo que consumimos impacta de alguma forma o planeta, e conseguir enxergar a extensão do nosso estilo de vida é um dos principais passos para um futuro sustentável.

A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) estima que, em 2018, as cidades brasileiras tenham gerado cerca de 80 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU). A coleta desse material foi feita em 92% das vezes, mas em 40,5% dos casos acabou sendo despejado de maneira inadequada em aterros e lixões.

As mudanças precisam ser estruturais, com governos e programas que pensem em soluções para nossos resíduos, mas também devem partir de nós, mudando a forma como nos relacionamos com nosso lixo. Uma das maneiras mais eficazes de começar uma mudança dentro de nossas casas é aplicando o conceito dos três Rs da sustentabilidade: reduzir, reutilizar e reciclar.

Você provavelmente já ouviu falar desse conceito, e por mais que pareça algo simples, poucas pessoas o aplicam no dia a dia. A ordem dessa teoria deve ser aplicada exatamente da maneira como é colocada: primeiro, precisamos reduzir a quantidade de lixo que produzimos, depois tentar reutilizar embalagens e outros produtos para que só aí comecemos a pensar em reciclagem.

Uma artesã de Conacri (Guiné), sabe muito bem como aplicar os conceitos de reutilizar e reciclar produtos descartados, e faz dessa sua forma de viver. Ramatoulaye Tchico Bangoura pega pneus velhos que encontra em terrenos baldios e latas de lixo, e os transforma em móveis vibrantes e cheios de personalidade.

2 Artesa africana transforma pneus velhos que iriam para o lixo em moveis cheios de personalidade

Direitos autorais: reprodução Facebook/ Ramatoulaye Tchico Bangoura

Seu trabalho tem chamado a atenção de pessoas no mundo inteiro. A coleta é feita em parceria com Alioune Doucoure, dando uma nova cara a um produto que dificilmente teria outra utilidade. Além de peças de mobília, a artesã produz sapatos e outros acessórios extremamente funcionais; sua marca registrada é o uso das cores vibrantes.

De acordo com informações da Gazeta do Povo, Ramatoulaye lava os pneus, corta e os remodela utilizando madeira, tecidos, couro e cola. Quando a peça está quase terminada, elas a revestem com um material impermeável e bem chamativo, resultando em peças que podem muito bem serem colocadas em ambientes externos e internos.

3 Artesa africana transforma pneus velhos que iriam para o lixo em moveis cheios de personalidade

Direitos autorais: reprodução Facebook/ Ramatoulaye Tchico Bangoura

A coleta dos pneus faz com que esse material seja retirado das ruas, reduzindo a proliferação de insetos transmissores de doenças, que podem se reproduzir em água parada. Além do impacto positivo no meio ambiente, a artesã ainda consegue fazer pufes simples, móveis para uma sala de estar, cadeiras para terraço, e outras peças para o jardim e áreas externas.

Em entrevista, Alioune explica que a cidade onde vivem é insalubre e que o Estado não fornece a ajuda que deveria para que sua coleta e reciclagem continuassem. Sabendo da importância do artesanato para seu país, todos os envolvidos esperam apenas reconhecimento, principalmente do público.

4 Artesa africana transforma pneus velhos que iriam para o lixo em moveis cheios de personalidade

Direitos autorais: reprodução Facebook/ Ramatoulaye Tchico Bangoura

A artesã compartilha seus produtos nas redes sociais e espera que seu trabalho atinja mais pessoas no mundo, aumentando o alcance do impacto ambiental positivo.

O modelo de negócios que se inicia numa necessidade e que encontra na redução de impacto ambiental uma saída é o futuro das empresas. Conseguir unir sustentabilidade com lucro pode fazer com que o mal do século, os resíduos sólidos urbanos, sejam reduzidos drasticamente.

Comente!

Influencer que relatou estupro em rodeio mostra denúncia de suposta nova vítima

Artigo Anterior

Por que muitos não aceitam quando uma mulher decide não ter filhos?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.