Notícias

Arthur é o favorito a vencer o “BBB”, mas disputa segue acirrada

Foto: Reprodução
arthur favorito

Arthur Aguiar ocupou a posição de favorito para vencer o “BBB 22” (TV Globo) após a eliminação de Linn da Quebrada, no 13º paredão do programa, conforme enquete UOL.

Nesta segunda-feira, às 12h, o ex-Rebelde contava com 42,77% dos votos. Em segundo lugar, aparecia Pedro Scooby, com 39,89%.

A diferença para os demais participantes é grande: Paulo André, que está em terceiro lugar, tem 9,88% dos votos. Os outros brothers possuem menos de 3%.

Favorito na casa, Arthur diz: “Não achei que fosse chegar aonde estou”

Muitos brothers já afirmaram que Arthur Aguiar poderá ganhar o “BBB 22”. Mas o ator não pensava que chegaria tão longe assim.

Em uma coisa com Eliezer, na tarde desta segunda-feira (11), Arthur refletiu sobre o quarto secreto e por ter sido escolhido pelo público.

“Para mim, também é uma surpresa. Pode parecer que não, mas realmente não esperava. Também me surpreendo com os resultados. Realmente achei que tivesse saído. Não achei que fosse chegar aonde estou agora. Ainda não consegui entender exatamente o que está rolando”.

O ator seguiu dizendo: “Porque existia um movimento grande antes de eu entrar. Do tipo: ‘Vamos tirar ele na primeira semana'”.

Eliezer aproveitou e deu a sua opinião sobre a trajetória do brother: “As pessoas esperavam que você fosse chegar aqui e que seria aquilo que criaram de você lá fora. Aí tu chega e o próprio cenário da casa não é favorável. Porque você tem um jeito de ir aos poucos”.

Arthur ainda comentou sobre o comportamento de Lina, sister eliminada no último domingo. “Não sou igual a Lina, que ganhou a casa no primeiro dia”. Eliezer afirmou: “Você chega devagar porque é o seu jeito. Você é na sua. Quando você chega já não está tão favorável também, assim como era para a Natália. Naquele momento, as pessoas não te dão oportunidade e esse espaço”.

O ator também revelou sua insegurança em razão da imagem fora da casa, por conta de sua separação de Maíra Cardi. “Mesmo as pessoas dizendo que não, eu sentia muito que elas verbalizaram que leram coisas e tal… Como viram que meu nome estava sendo sondado e as respostas eram negativas, pensaram: ‘Não vou me relacionar com esse cara’. Sentia que existia uma parada meio assim, só que não quis entrar nesse lugar”.

0 %