ColunistasComportamentoFelicidade

As coisas não precisam ser perfeitas para serem maravilhosas!

perfeitas

As coisas não precisam ser perfeitas para serem maravilhosas.



Parece mania de todo mundo: desejar a perfeição, principalmente no que se refere ao outro.

Queremos que os momentos, as pessoas e as situações sejam perfeitas e nessa ânsia, acabamos não enxergando que o que os faz maravilhosos é justamente essa imperfeição.

Já parou pra pensar como seria sem graça – chato, na verdade – se tudo fosse perfeito? Claro que devemos desejar evoluir, mas evolução é diferente de querer ser perfeito.


perfeitas

Quando evoluímos estamos cientes do nosso tempo. Quando desejamos a perfeição, atropelamos esse tempo.

E na vida há o tempo certo de tudo. De plantar, de crescer, de colher, de se aperfeiçoar e de entender que a perfeição neste mundo ainda não é possível.



As coisas não precisam ser perfeitas

O grande segredo é aprender a ver a beleza no imperfeito. É enxergar o essencial das coisas, que é aquilo que “faz nosso coração vibrar“, como já nos dizia Osho. Quando a gente procura a essência das coisas – e das pessoas – não se apega aos detalhes materiais. Nossa visão se aprofunda, pois aprendemos a olhar e a perceber tudo além daquilo que apenas a aparência pode nos mostrar.

Por mais simples que seja um momento, situação ou personagem da nossa história ele está ali para cumprir importante papel: de dar significado à nossa existência.

Somente quando nos determos no “AGORA“, estaremos totalmente acordados para perceber que as coisas não precisam ser perfeitas para serem maravilhosas. E que a vida não precisa ser exatamente como desejamos para ser bela. Que o feio não precisa se esconder para ser aceito. Que as coisas não precisam ser exatamente como queremos para fazerem sentindo.


perfeitas1

É esse o aprendizado maior: aprender a enxergar – as coisas, as pessoas, as sutilezas desse nosso caminho. Precisamos ir além, aprofundar nossa compreensão, prestar atenção. Impossível ser feliz e encontrar sentido passando pela vida sem tatear, sem sentir, sem se aprofundar. Porque meus caros, acreditem, o que realmente importa está nos mínimos detalhes.

Só quem parar um pouco, desacelerar, poderá ver. E sentir. E saborear.


02 pensamentos fatais que te fazem desistir dos seus sonhos:

Artigo Anterior

A vida nos mostra quem sim, quem não e quem nunca!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.