publicidade

As crianças precisam aprender a ser felizes, ao invés de perfeitas

Ao invés de obrigar nossos filhos a fazerem determinada atividade porque é de nosso agrado, devemos aprender a ouvi-los e traçar um caminho que seja positivo para ambos. Crianças possuem suas próprias personalidades e não devem ser moldadas para suprir as frustrações dos próprios pais.

A infância é uma das fases mais importantes nas vidas de todos nós, pois determina a base para o nosso futuro. Os nossos relacionamentos, em especial com nossos pais, são de fundamental importância para construir nossas personalidades e definir nossos sonhos, objetivos e inspirações.



Ainda assim, em muitas ocasiões as principais necessidades das crianças são ignoradas, enquanto a cultura estimula padrões inalcançáveis, competições tóxicas e a falta de uma educação que realmente as coloque em um caminho saudável na vida, sem comprometer sua saúde emocional. A tendência natural das crianças de seguirem os comportamentos daqueles que estão ao seu redor, torna tudo ainda mais complicado, e pode contribuir para que elas cresçam com problemas como insegurança, depressão e ansiedade, e que deverão cuidar por si mesmas.

É preciso que haja uma reflexão responsável da parte dos adultos sobre o que realmente é necessário para as crianças em cada momento de suas vidas.

Estímulos são legais, mas não é certo pressionar essas pequenas pessoas a fazerem coisas que não as fazem felizes, que não lhes permitem desfrutar de uma das melhores fases de sua jornada. Crianças precisam ser autênticas e criadas longe de pressões e comparações.

Ao invés de obrigar nossos filhos a fazerem determinada atividade porque é de nosso agrado, devemos aprender a ouvi-los e traçar um caminho que seja positivo para ambos. Crianças possuem suas próprias personalidades e não devem ser moldadas para suprir as frustrações dos próprios pais.

A orientação dos pais é sempre necessária, mas deve existir um equilíbrio para que não se torne imposição e faça com que a criança cresça desestimulada a mostrar-se verdadeiramente no mundo e aceite tudo o que outras pessoas colocarem em sua vida, sem pensar em si mesma.


Uma das melhores coisas que podemos fazer por nossos filhos é oferecer nossa presença, amor e apoio incondicional, lembrando-nos sempre de que eles são pessoas únicas, com suas próprias personalidades e sonhos, e que merecem respeito e orientação.

Devemos passar tempo de qualidade com eles e os apoiar em suas jornadas. É assim que os incentivaremos a serem pessoas confiantes, que lutam por si mesmas e nunca desistem de suas metas, não importa o que os outros digam.

Apesar de serem pequenas e, de certa maneira, inexperientes, todas as crianças têm o direito de serem felizes e criadas em uma família que celebra quem realmente elas são. Quando crescem com amor e tolerância, elas possuem mais confiança em si mesmas para buscarem sua felicidade. E a felicidade é muito maior do que qualquer ideal de perfeição que possa ser disseminado no mundo.


Felicidade não precisa de perfeição, e é por isso que as crianças precisam aprender a ser felizes, ao invés de perfeitas.


Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.