ComportamentoRelacionamentos

As duas coisas que você precisa encontrar em qualquer parceiro:

Como um psicoterapeuta que se especializa na busca do amor, eu cheguei a acreditar que o namoro consciente leva-nos mais rapidamente ao amor real e a vidas mais ricas e gratificantes.



Na maioria dos casos, a maneira como abordamos o namoro determina o tipo de parceiro(a) que encontramos.

E a qualidade do amor que encontramos determina a própria qualidade de nossas vidas. Para a maioria das pessoas, esta busca é uma das missões mais importantes de sua vida adulta. No entanto, a maioria dos conselhos sobre namoro o tratam como um pacote de ações superficiais ou comportamentais que prometem resultar na atenção do tipo de companheiro que desejamos:


  • Aprenda este truque para manter homens / mulheres interessados!
  • Aqui está o que você está fazendo de errado!
  • Aprenda como tornar-se irresistível!

A verdade é que a busca por um amor saudável não é sobre truques ou correções rápidas. Habilidades de namoro são as mais profundas habilidades de intimidade – as próprias habilidades que manterão seu relacionamento vivo e próspero quando você finalmente encontrá-lo. Esta é uma ótima notícia, porque isso significa que namoro bem-sucedido é baseado em mais do que apenas pura sorte, ou estar disposto a sofrer inúmeros encontros ruins.

Nossa busca pelo amor merece nosso mais profundo respeito, compaixão e inteligência. A boa notícia é que quanto mais nos aproximamos de nossa vida de namoro como uma jornada de intimidade, maiores as chances de encontrar alguém verdadeiramente maravilhoso e de manter nosso relacionamento com ele vivo. Na verdade, se a sua abordagem não está te ajudando a aprofundar sua capacidade de dar e receber amor, então não vale o seu tempo.

Duas coisas que você precisa encontrar em qualquer parceiro:

Os dois conceitos a seguir são pilares de uma sábia busca pelo amor. Cada um pede algo poderoso e desafiante de nós. E cada um tentará tornar nossas vidas mais felizes, significativas e ricas em intimidade.


1.Identifique – e trabalhe na mudança – de seus “padrões de voo”

Todos nós expulsamos a possibilidade do amor, mesmo enquanto buscamos por ele. Escolhendo pessoas não disponíveis, bebendo demais, ficando em casa e navegando na web todas as noites, indo para lugares (e usando aplicativos) onde estamos menos propensos a encontrar pessoas de qualidade – a lista é interminável, mas a maioria de nós sabe como sabotar nossa busca por amor.

Nosso medo da intimidade não é uma falha de caráter que nos torna impróprios para a intimidade; é parte de ser humano. As perguntas reais são, como nós mantemos o amor distante? E, o que podemos fazer para mudar isso? Abordar esta questão de duas partes é talvez o caminho mais direto para encontrar o amor – e alcançar maior felicidade em todos os nossos relacionamentos. Não podemos corrigir todas as formas em que fugimos da intimidade; isso levaria muito tempo. No entanto, se encontrarmos uma maneira específica através da qual afastamos o amor em nossas vidas de namoro e, em seguida, abordarmos esse padrão defensivo em particular, melhoramos as chances de vermos o amor aumentar e se aprofundar. Essa escolha é um pequeno ato de grandeza pessoal – e está dentro de todo nosso alcance.



2.Desenvolva bondade e compreensão – e só busque pessoas que fazem o mesmo

Em uma era de encontros on-line, percorremos inúmeros perfis, olhando quase exclusivamente para fotos de pessoas que representam o nosso exato “tipo”. Com um olho afiado, buscamos atração física imediata e julgamos implacavelmente os outros (e nós mesmos) de acordo com uma lista de verificação pessoal.

Mas por que ninguém nos disse que a bondade e a compreensão são dois dos maiores afrodisíacos que existem? Em sua próxima experiência de namoro, tente praticar apenas um pouco mais de bondade, compreensão e generosidade, e veja se isso muda o seu estado interior e a qualidade real de seu relacionamento.

Quanto mais você fizer isso, mais virá a valorizar essas mesmas qualidades nas pessoas que encontra. Você descobrirá que a autoproteção mais sábia é menos sobre manter sua distância e mais sobre tornar-se ferozmente discriminante em sua escolha de parceiros, bem como de amigos. Por exemplo, em namoro, considere o seguinte:


  • Como essa pessoa trata os funcionários, servidores de restaurantes e pessoas que, por qualquer motivo, são vulneráveis?
  • Como ela trata as pessoas que mais importam para você?
  • Quanto ele considera as necessidades dos outros?

  • Ela ouve seus sentimentos com cuidado e interesse?
  • Ele tem uma generosidade inata de espírito? (Isto não é o mesmo que ser romanticamente demonstrativo.)

Normalmente, você vai saber em um tempo relativamente curto se essa pessoa é alguém que realmente se preocupa com essas qualidades. Se sim, você tem algo para comemorar. Se não, eu recomendo que você proteja seu futuro e siga em frente.


Jovens ou velhos, solteiros ou comprometidos, somos todos estudantes de intimidade. Em qualquer momento de nossas vidas, há desafios profundos e essenciais que devemos enfrentar para encontrar o amor e tornar-nos as pessoas que queremos ser. Podemos sentir o chamado para aumentar nossa compaixão, nossa determinação, agir, ser corajoso, verdadeiro, vulnerável, ou proteger e salvar um relacionamento importante que está se deteriorando.

E há uma vantagem adicional que nunca deixa de inspirar e me surpreende. Qualquer passo significativo nessas direções geralmente leva a novas portas abertas. Isso acontece com mais frequência do que você imagina. Teste-o, e veja o que encontrará.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Psychology Today


21 mantras de relacionamento para orientá-lo a uma vida amorosa mais completa:

Artigo Anterior

É o “talvez” que o mantém preso!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.