ColunistasComportamento

As dúvidas me acompanham diariamente!

DUVIDAS CAPA

Se existe algo que tenho certeza é da minha dúvida sobre as coisas. E isto vai além de coisas. Envolvem pessoas, sentimentos, crenças, karmas.



A ausência da certeza me pega de jeito em tantos momentos que eu me pego acreditando que tudo pode estar equivocado. E quando encontro uma verdade não tenho tanta convicção de que estou certa.

A dúvida muitas vezes me acompanha docilmente e consegue derrubar muitas convicções.  Mesmo que eu creia que tudo está no seu devido lugar, duvido que seja como eu quero. As incertezas causam incômodo e muitas certezas já desmoronaram à minha frente.

dúvidas2


Tenho dúvidas de coisas que me ensinaram. Dúvidas de coisas que sinto. Dúvidas de coisas que disse. Dúvidas de decisões que tomo. Há dúvidas que torturam. Outras que apenas me inquietam, algumas me levam adiante, outras me fazem buscar várias respostas para uma mesma pergunta.

Talvez se não duvidasse tanto, eu seria uma pessoa menos inquieta, insegura, instável. Não encheria minha mente e o Universo de questões. Não buscaria tantas respostas para coisas sem respostas e incontestáveis.

Tenho dúvidas bobas que sempre cruzam meu caminho. Desde o perfume que uso, o presente que eu compro, o livro que eu escolho, a mensagem que eu deixo. Duvido do quanto eu posso e do quanto eu preciso.

Duvido se quero algumas coisas para sempre. E duvido que o sempre exista. Já duvidei de perdões, de desculpas, de alguns planos, de beijos e abraços que pareciam sinceros. Duvidei das minhas promessas e dos meus conselhos.


duvidas3

Consegui muitas vezes suportar minhas incertezas e costumo me pegar buscando as respostas para minhas inquietações. Não que seja tão ruim duvidar. A dúvida já me fez agir, me envolver, me calar, aprender, orar. Tirou-me do sério e me fez rir dos medos.

A dúvida é minha companheira. Não me tira a fé. Me deixa entre o certo e o errado. Pode confundir minha alma, mas talvez não seja tão perigosa quanto as minhas crenças e certezas.


A prova dos nove da convivência

Artigo Anterior

Até onde vale a pena ir para viver um amor?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.