As histórias vivem se repetindo na sua vida? Lá vem a má notícia!



Você já se deu conta que as situações vivem se repetindo na sua vida? Desde o mesmo tipo de relacionamento, chefes com perfil parecido, falta de grana, a dieta que sempre recomeça.

É muito comum as pessoas reclamarem da vida que levam, dos resultados que têm, sem se dar conta que estão repetindo as mesmas situações ano após ano. E mesmo quando notam uma relativa melhora, a depender do padrão vibracional que sustentam, simplesmente acabam voltando ao mesmo status de antes, ou seja, repetem as histórias e não conseguem sair definitivamente daquela programação que tanto buscam evitar.

Não há controvérsias quanto a isso, estamos claramente diante de um ciclo vicioso: situações que sempre se repetem mudando tão somente os personagens ou o momento em que acontecem.

A única coisa que nunca muda nessa história é você! ⠀

Bem, deixe-me dizer: essa é a má notícia! ⠀

 Você é o “espaço” que permite que determinada situação continue acontecendo, continue se repetindo. Você é o espaço que permite esse ciclo vicioso. ⠀

A nossa vida é governada pelos nossos paradigmas, pelas nossas crenças mais profundas.  Os nossos resultados são moldados por eles, ou seja, todas as experiências que você viveu, vive e irá viver tem profunda relação com aquilo que sua mente sustenta como verdade, ainda que você não tenha consciência disso.

Quer um exemplo?

Uma mulher que viveu num ambiente onde os pais possuíam um relacionamento abusivo, pode ter registrado como paradigma que assim são os relacionamentos entre homens e mulheres e, consequentemente, acaba se envolvendo com parceiros que reproduzem essa crença, ainda que, racionalmente, ela saiba que isso não é saudável.  Ou, evita, inconscientemente assumir compromissos sérios pelo medo de replicar o padrão de relacionamento dos pais.

 Outro exemplo:

Uma mulher que tenha vivido a maior parte da vida em dificuldades financeiras (talvez reproduzindo um padrão familiar), pode ter um paradigma de que a vida é complicada,  de que ganhar dinheiro é muito difícil, de que só trabalhando muito para enriquecer, que todo o dinheiro que ela ganha é insuficiente para pagar o que precisa, etc.

Ela, provavelmente, está focada no que não tem tem, no que não funciona bem, no que está fazendo de errado para reviver as mesmas situações.  É pouco provável que ela tenha pensado de maneira diferente, pensado que ela poderia construir uma realidade diferente se ela mudasse esses paradigmas.



E é por isso que você é o espaço que permite os ciclos viciosos, que permite que eles se repitam.

Como, Kelly?

Você é esse espaço pela omissão, quando não faz nada a respeito das situações que lhe incomodam e segue agindo como se nada estivesse acontecendo. Por pensar que, às vezes, é mais fácil (ou menos doloroso) deixar tudo como está. ⠀

Você é esse espaço pelo desconhecimento, quando,  por não saber que sua vida é governada pelos seus paradigmas, você segue vivendo como se não tivesse poder sobre suas próprias escolhas e resultados.

Você é esse espaço pela ação, quando mantém seu pensamento e emoções concentrados exatamente no que você não quer viver, nos resultados que você não quer ou nas coisas ruins que você tem vivido, e segue criando ou atraindo para si mesma situações que replicam esse círculo vicioso, seja você consciente ou inconsciente de que está fazendo isso.

Você é o espaço que permite que não o valorizem e não o respeitem, porque você não se valoriza e não se respeita. ⠀

Como é que você quer relacionamentos pessoais ou profissionais diferentes? Como é que você quer resultados diferentes quando você não está verdadeiramente comprometida em deixar de ser esse espaço que cria, acolhe ou dá condições à repetição desses ciclos viciosos? ⠀

 Aqui vai a minha dica para você: comece com a técnica do “E se…”

E se você pudesse pensar no que seria diferente se você deixasse de repetir os ciclos? Como seria sua vida? O que você estaria vivendo? Quem você seria? Crie novas possibilidades na sua mente, simplesmente imaginando.

Imaginar é um recurso poderosíssimo! A partir do “E se…”  você pode testar pensar em como seria agir de maneira diferente. Testar, de propósito, só para ver o que acontece.

Permita-se o benefício da dúvida e comece a criar novas possibilidades para sua vida!

Compartilhe com um(a) amigo(a) e convide-a fazer o teste também. Sair da zona de conforto é sempre mais fácil quando tem alguém caminhando conosco. Experimente!


Direitos autorais da imagem de capa: Marc Schäfer on Unsplash






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.