publicidade

“as pessoas boas merecem nosso amor, as más precisam dele.”

Madre Teresa já dizia que “as pessoas boas merecem nosso amor e as más, precisam dele”.

Mas amar as pessoas amáveis é fácil. Retribuir a bondade é fácil.



Gentileza gera gentileza, não é isso que dizem?

É uma teoria linda, mas nem todos pagam para ver. Porque vivemos em um mundo de custo-benefício. Vivemos em um mundo onde é preciso sempre ganhar algo em troca.

Porque difícil mesmo é dar nosso melhor para quem achamos não merecer.


Mas nosso achismo é baseado em quê? Em nosso título de donos da verdade?

Quem somos nós, para decidir quem é bom, quem é ruim, quem merece ou não nosso melhor?

Todos pecamos, erramos e fazemos, em algum momento, coisas ruins, sejam elas em pequena ou grande escala.

Neste plano, somos todos iguais e a única coisa que pode nos diferenciar uns dos outros é nosso nível de evolução pessoal e espiritual.


E para evoluir é necessário, antes de qualquer coisa, nos encontrarmos, é necessário nos conhecermos, para, então, trabalharmos em nossos pontos fracos. E um grande passo nessa jornada pela evolução é a compaixão.

Na vida, a única moeda de troca deve ser o amor. Amor sem favor, amor sem esperar nada em troca. Amor ao próximo, amor-próprio. E a cada dia mais amor, simplesmente por amor!


Direitos autorais da imagem de capa:  pixabay – StockSnap-894430

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.