publicidade

As pessoas podem absorver a energia de outras pessoas da mesma forma que as plantas!

Uma equipe de pesquisa biológica na Universidade de Bielefeld fez uma descoberta inovadora que mostra que as plantas podem desenhar uma fonte alternativa da energia de outras plantas.



Essa descoberta também poderá ter um grande impacto no futuro da bioenergia, eventualmente, fornecendo evidências para mostrar que as pessoas extraem energia das outras, da mesma maneira.

Os membros da equipe de pesquisa biológica do Professor Dr. Olaf Kruse confirmaram pela primeira vez que uma planta, a alga verde Chlamydomonas reinhardtii, não só realiza a fotossíntese, mas também possui uma fonte alternativa de energia: ela pode extraí-la de outras plantas. Os resultados da pesquisa foram divulgados no jornal on-line Nature Communications.

As flores precisam de água e luz para crescerem e as pessoas não são diferentes. Nossos corpos físicos são como esponjas, absorvendo o meio ambiente.

“É exatamente por isso que existem certas pessoas que se sentem desconfortáveis ​​em configurações de grupo específicas, onde há uma mistura de energia e emoções”, disse a psicóloga e curandeira de energia Dra. Olivia Bader-Lee.


As plantas realizam a fotossíntese de dióxido de carbono, água e luz. Em uma série de experimentos, o professor Dr. Olaf Kruse e sua equipe cultivaram a espécie de alga verde microscopicamente pequena Chlamydomonas reinhardtii, e observaram que, quando confrontadas com uma falta de energia, essas plantas de célula única podem extrair energia da celulose vegetal vizinha.

A alga segrega enzimas (as chamadas enzimas de celulose) que “digerem” a celulose, quebrando-as em pequenos componentes de açúcar. Esses componentes são então transportados para as células e transformados em uma fonte de energia: a alga pode continuar a crescer. “Esta é a primeira vez que tal comportamento foi confirmado em um organismo vegetal”, diz o professor Kruse. “Que as algas podem digerir celulose contradiz todos os livros didáticos anteriores.

Até certo ponto, o que estamos vendo é plantas que comem plantas “.  Atualmente, os cientistas estão estudando se esse mecanismo também pode ser encontrado em outros tipos de algas. Os resultados preliminares indicam que este é o caso.


“Quando os estudos de energia tornarem-se mais avançados, nos próximos anos, eventualmente, veremos isso traduzido para seres humanos também”, afirmou Bader-Lee. “O organismo humano é muito parecido com uma planta, ele desenha energia necessária para alimentar estados emocionais e isso pode, essencialmente, energizar células ou causar aumentos no cortisol e catabolizar células, dependendo do gatilho emocional”.

Bader-Lee sugere que o campo da bioenergia agora está evoluindo e que os estudos sobre o mundo vegetal e animal, logo irão traduzir e demonstrar o que os metafísicos de energia já sabem – que os humanos podem curar-se, simplesmente, através da transferência de energia, assim como as plantas.

“O ser humano pode absorver e curar-se através de outros seres humanos, animais e qualquer parte da natureza. É por isso que estar em torno da natureza é edificante e energizante para tantas pessoas”, concluiu.

Abaixo estão cinco ferramentas de energia para limpar o seu espaço e evitar desgastes energéticos, enquanto libera a energia das pessoas:

1. Mantenha-se centrado e aterrado

Se você está centrado dentro do seu eu espiritual, sente imediatamente quando algo se muda para o seu espaço. Se você está totalmente aterrado, pode facilmente liberar a energia e as emoções de outras pessoas pelo seu aterramento, com sua intenção.


2. Esteja em estado de não-resistência

O que resistimos, persiste. Se você se sentir desconfortável em torno de uma determinada pessoa ou em um grupo, não entre em resistência como forma de se proteger, pois isso só manterá energia estranha presa em seu espaço. Mova-se para um estado de não-resistência ao imaginar que seu corpo é transparente e translúcido, como vidro transparente ou água. Desta forma, se alguém lançar alguma invalidação em sua direção, ela passará diretamente por você.


3. Possua o seu espaço de aura pessoal

Cada um de nós tem uma aura energética ao redor do nosso corpo. Se não possuímos esse espaço pessoal, somos vulneráveis ​​à entrada de energia estranha. Conheça os limites da sua aura (o comprimento de seus braços abertos, acima e abaixo) como uma maneira de possuir seu espaço pessoal.


4. Dê a si mesmo uma limpeza de energia

A cor de ouro tem uma alta vibração que é útil para limpar energia estranha. Imagine um bocal de chuveiro de ouro no topo da sua aura (alguns pés acima de sua cabeça) e ligue-o, permitindo que a energia de ouro transparente flua através de sua aura e espaço corporal. Você se sentirá imediatamente limpo e renovado.


5. Religue sua energia

Quando temos nossa energia em nosso próprio espaço, há menos espaço para a energia de outros entrarem. Mas, à medida que nos concentramos em outras pessoas e projetos, às vezes espalhamos nossa energia. Crie a imagem de um sol dourado a vários pés acima de sua cabeça e deixe-o ser um ímã, atraindo toda sua energia de volta ao seu espaço pessoal.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Mystical Raven

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.