ColunistasDesenvolvimento Pessoal

As quedas nos ferem, mas também nos dão a oportunidade de nos levantar mais fortes

Não se preocupe com as quedas, o importante é que você se levante e recomece sempre, e mude de caminho quantas vezes julgar necessárias.



Nem toda vez que caímos foi por nossa culpa, muitas vezes, somos empurrados ou derrubados. O importante é que toda vez que isso acontece, temos a oportunidade de mudar a situação pois, se caímos, é porque estávamos de pé.

Eu digo que nem sempre é possível evitar as quedas, no entanto, algumas delas servem como incentivo para que nos levantemos mais fortes. E sabemos que, muitas vezes, não há como preveni-las, só mesmo com a prática, pois não nascemos com uma pele que nos torne “antiderrapantes”.

As quedas que sofremos podem ser provocadas por inúmeras razões, mas em sua grande maioria, porque confiamos demais em algo ou alguém. Vale destacar que somos os responsáveis por nos erguer e continuar em frente, pois como dizem por aí: “todos caem, mas apenas os fracos continuam no chão”. E, embora muitos estejam desanimados quanto à reação das pessoas ao nosso redor, muitas delas estarão sempre dispostas a nos dar a mão para nos ajudar a levantar.


E todas as vezes que acreditamos em algo melhor, somos condicionados a acreditar que coisas boas vão acontecer e que isso vai mudar o rumo da nossa vida. Então, como lidar com as quedas sem perder a esperança?

Precisamos apenas focar os nossos pensamentos no “levantar”, e não no “cair”. Precisamos dizer para nós mesmos: “Vou superar essa queda e dar a volta por cima” e “Vou alcançar o meu sonho!”

Muitas vezes, as quedas nos ferem, nos machucam para valer, e deixam cicatrizes. Mas as cicatrizes podem nos tornar imunes e nos fazer mais fortes. Aprendemos a conviver com o medo de cair, a combater as fraquezas e suportar a queda, por mais dolorosa que seja.

Aprendemos a transformar tudo aquilo que está ao nosso alcance em bálsamo para curar todas as feridas às quais somos submetidos. E o que passa a nos motivar é a certeza de que teremos sempre coragem para seguir em frente. E ainda que os tombos da vida queiram nos desmotivar, faremos de cada dificuldade um trampolim para que cheguemos cada vez mais alto.


Nós nunca saberemos se seremos vitoriosos, se não participarmos diretamente da guerra. Os resultados só virão como reação a uma ação explícita. A vida nos dá a liberdade de escolher voltar ou seguir adiante. E se não conquistamos, é porque não lutamos, não erguemos a cabeça e rompemos os obstáculos.

Os questionamentos, os rascunhos, os ensaios, as lágrimas, as noites mal dormidas, tudo isso nos leva a aceitar que a vida nos dá oportunidades de nos levantar e recomeçar. São coisas que muitos não entendem, porque têm medo de vencer os obstáculos de modo natural. Então, deixam de fazer as coisas, com medo de que algo dê errado, mas saiba que errado é não tentar, é não se levantar, é continuar prostrado depois da queda.

Então, se você caiu, não desanime. Se há um “buraco” bem à sua frente, mude de direção, mas por favor, não desista. Se quiser mudar algo na sua vida, mude o modo de pensar, mas não desista de recomeçar e seguir em frente, de acordo com o que seu coração propuser.

Não se preocupe com as quedas, o importante é que você se levante e recomece todas as vezes que cair, e mude de caminho quantas vezes julgar necessárias.


Porque, sempre que alguém fizer com que você tropece e caia, haverá alguém para lhe oferecer a mão e ajudá-lo a erguer-se do chão. Então, erga-se e tente outra vez. 

Muitos sobreviverão à covid-19, mas permanecerão mortos por dentro

Artigo Anterior

Se Deus está conosco, seremos vencedores. Ninguém se levantará contra nós!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.