Comportamento

“Às vezes, a gente se prende a pessoas achando que precisamos delas, mas na real precisamos só da gente!”

capaas vezes a gente se prende a pessoas achando que precisamos delas mas na real precisamos so da gente

A frase da cantora Luísa Sonza representa uma grande verdade sobre os relacionamentos românticos.



Você se considera uma pessoa apegada ou completamente livre das amarras dos relacionamentos? Cada um de nós tem um jeito próprio de agir no amor.

Para aqueles que experimentaram relacionamentos familiares saudáveis desde a infância, em que todas as necessidades emocionais sempre foram supridas, pode ser muito mais fácil vivenciar o amor na vida adulta.

Essas pessoas sabem que os relacionamentos românticos devem vir para complementar a sua realidade, sem tomar o lugar de nada. Elas são mais capazes de compreender os limites dessas relações e também de virar as costas e seguir em frente quando sentem que não estão sendo valorizadas como deveriam. Quando vemos pessoas assim, sentimos uma admiração instantânea, porque sabemos que conseguem colocar a si mesmas sempre em primeiro lugar.


No entanto, para aqueles que sempre tiveram relações conturbadas, cresceram implorando atenção e carinho e foram constantemente subestimados por algumas das pessoas mais importantes de suas vidas, o sentimento de insuficiência pode ser muito grande, o que leva a vários padrões tóxicos. Um deles é o sentimento de que precisamos ter outra pessoa ao nosso lado para que possamos ser realmente felizes.

Essa tendência se manifesta muito nas relações românticas. Os filhos de pais ausentes e tóxicos ou até mesmo aqueles que colocam o status e a aprovação alheia acima da própria felicidade e valor pessoal estão sempre cobrando de si mesmos a presença de alguém ao seu redor.

Se você já foi ou ainda é uma pessoa assim, sabe como funciona isso. Por mais que leia e ouça em diversos lugares que a felicidade verdadeira começa dentro de nós mesmos e independe daqueles ao nosso redor, não consegue evitar o pensamento de que precisa de um parceiro romântico.

Esse tipo de crença pode ser limitante, porque nos impede de nos concentrar em nossa evolução pessoal e em diversos momentos nos faz implorar a presença e afeto de pessoas que nem sequer se importam verdadeiramente conosco.


Alguns vivem isso diversas vezes, até que realmente param para analisar a sua situação e compreendem que a única pessoa que realmente não podem perder nessa vida é a si mesmos. É só quando cansamos de sofrer pelas mesmas situações repetidamente e nos dedicamos a alcançar a verdadeira maturidade emocional que percebemos que, acima de qualquer amor por terceiros, devemos colocar o amor-próprio.

2as vezes a gente se prende a pessoas achando que precisamos delas mas na real precisamos so da gente

Direitos autorais: reprodução Instagram/@luisasonza.

Recentemente, a cantora Luísa Sonza fez uma publicação em seu perfil no Twitter que resume muito bem esse assunto. Com apenas 23 anos, a gaúcha já passou por diversas experiências românticas, incluindo um casamento, e foi exposta de diversas maneiras na mídia por conta de suas escolhas no amor.

Essas experiências lhe causaram bastante sofrimento, mas ao mesmo tempo lhe trouxeram uma importante ressignificação pessoal. Atualmente solteira, após o término com o cantor Vitão, ela deixou claro que está em uma ótima fase da vida pessoal.


Na postagem recente, a cantora escreveu que é a primeira vez que está realmente curtindo a vida sozinha, acrescentando que muitas vezes ficamos presos a algumas pessoas por pensar que precisamos delas, quando na realidade só precisamos de nós mesmos.

Essa é uma frase que dá a todos algo sobre o que pensar. Quando não estamos em paz com o nosso passado, temos comportamentos equivocados em todas as áreas da vida, perdendo tempo com relações que não são as melhores escolhas para nós mesmos.

3as vezes a gente se prende a pessoas achando que precisamos delas mas na real precisamos so da gente

Direitos autorais: reprodução Twitter/@luisasonza.

Se quisermos conhecer a verdadeira essência da felicidade, não devemos procurá-la naqueles ao nosso redor, prendendo-nos a eles a todo custo, porque nenhum relacionamento vem com garantia de eterno e nenhuma pessoa é perfeita para nós em todos os momentos. Devemos nos concentrar em investir em nós mesmos, pois em nosso interior está a chave para uma vida realmente incrível.


Estes 3 signos sabem perdoar até os seus inimigos. Têm um bom coração!

Artigo Anterior

Determinado ou preguiçoso? O animal que você vir primeiro revela seu nível de foco nos objetivos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.