ColunistasCrônicas

Assinado: o cara bonitão daquele seriado…

ASSINADO O CARA BONITÃO capa e dentro

Eu não queria que fosse assim, tinha planos pra mais uns infinitos junto com você e, realmente acreditei em cada um deles toda vez que percebia que suas frases sem sentido e sua risada de criança escandalosa, sempre me prenderiam.



Mas em partes, talvez o universo não queira esses planos pra agora e em partes, porque eu fiz uma escolha – imatura e covarde, eu sei.  Eu já devia esperar um vendaval de consequências e, a pior delas, é a parte em que te perco.

Não quis ficar longe de ti, não quis lembrar da sua ironia constantemente mal usada e aqueles seus olhos cor de mel que irresistivelmente sorriam pra mim. Até o sol parecia deixar o dia radiante quando, enfim, tinha você outra vez, mas a tempestade sempre vem e alguns ventos inevitáveis me trouxeram até aqui.

assinado-o-cara-bonitao-capa-e-dentro


E não importa qual sorriso e cabelos despenteados eu veja pela manhã e o que vai acontecer daqui pra frente, eu sei, la no fundo nunca consegui esconder por muito tempo que o mesmo vento vai me levar de volta pra esse seu mundo da lua.

Sabe, ainda tem tomado grande parte dos meus pensamentos desorganizados, com esse sorriso que tira meu norte e essa pintinha que faz morada perto dos seus lábios. Pode ser esse seu jeitinho meio maluco, meio doce de me fazer querer ficar. As vezes até parece possível sentir suas mãos sempre congeladas em um tom de azul nas unhas, se entrelaçando no meu cabelo, mas é só um espaço vazio de você. Será possível alguém ter um coração como o seu? Ou como o meu, que por mais que me tirem um sorriso, nunca vai ter esse mesmo efeito, que me mantém refém independente do tempo que passe? Eu tenho medo, medo de que você consiga se desprender e ancorar no universo de outro alguém.

Olha isso! Já estou falando muito, devo ter aprendido com você. Só queria que soubesse que eu to bem, estou feliz, mas sempre vai ter uma parte de mim gritando como eu sou idiota de tentar esconder que a melhor parte de mim só fica completa quando eu tenho a certeza que ainda tem uma parte ai com você; aquela parte teimosa e alegre que sobe no meio fio da calçada só pra se satisfazer em ficar mais alta que eu.

Sabe, não sou bom em falar do que sinto, não como você merece saber, porque na verdade nada que eu pudesse escrever diria metade do que realmente revira meus muitos neurônios a cada hora que passa.


Caramba! Preciso finalizar isso aqui e, olha só linda, só mais uma coisa, não deixa ninguém mais te irritar com qualquer refrão de uma música que você não gosta, não deixe te darem spoiler sobre seriados e, se deixar, pode lembrar de mim ta? Essa ideia de que me esqueça, é apavorante- tanto quanto aquele seu polvo de pelúcia, aliás, já deu fim nisso?

Não sou a pessoa mais decidida do mundo, sou bem confuso com tudo aqui dentro – apesar de ultimamente ter que lidar muito com exatas. Mas eu tenho uma certeza, a minha única certeza é que…bom, você sabe!

Ass. O cara bonitão daquele seriado.


As melhores recordações não estão na mala… Estão na alma!

Artigo Anterior

Carta ao meu amor perdido…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.