publicidade

Atitudes que ajudam a promover a autoestima dos nossos filhos

Todos nascemos puros, sem medos, preconceitos e limitações. No entanto, nossa sociedade muitas vezes exige que nos encaixemos em um padrão preestabelecido de vidas “aceitáveis”. O problema é esse modo de vida não favorece a nossa autenticidade, apenas nos afasta cada vez mais de nosso propósito e missão.



Nós temos a permissão e o poder de mudar nossas realidades a qualquer momento, e quando temos filhos, temos o dever de alimentar coisas positivas em suas mentes inocentes e cheias de sonhos, não permitimos que se acostumem a vidas que não despertam verdadeira felicidade em seus corações.

As crianças precisam de um direcionamento de seus pais para que saibam quais caminhos de vida devem escolher quando forem maiores e, infelizmente, muitas vezes são essas pessoas que desmotivam seus sonhos, incentivando a tristeza e baixa autoestima, seja por falta de experiência e direcionamento ou por ausência nas vidas das crianças.

A importância de incentivar a autoestima nos filhos

Uma das melhores coisas que os pais podem fazer por seus filhos, é promover e desenvolver sua autoestima, porque assim se tornarão adultos mais felizes e seguros de si mesmos, que buscam aquilo que desejam da vida com coragem e otimismo.


Abaixo estão 7 dicas preciosas para incentivar a autoestima dos filhos

1. Trate-os com carinho e atenção

Muitas vezes estamos cansados e estressados com nossas rotinas e acabamos descontando nossa insatisfação em nossos filhos. Mas eles são pessoas inocentes e puras, que merecem apenas o nosso melhor lado. Trate seus filhos com carinho e atenção sempre, e eles crescerão se sentindo apreciados e importantes.


2. Dedique-lhes tempo e atenção

Filhos precisam de nossa presença, e o nosso tempo é o maior presente que podemos lhes dar. Dedique tempo para conversar, brincar, contar histórias e ajudá-los a descobrirem o mundo. Isso é muito importante para suas vidas.



3. Reconheça suas conquistas

A cada dia, nossos filhos descobrem uma coisa diferente, e é essencial que reconheçamos suas conquistas, parabenizando-os e incentivando cada dia mais, assim sentir-se-ão seguros de si mesmos e capazes de conquistar seus sonhos, apesar das circunstâncias.


4. Dê-lhes pequenas responsabilidades

Estabeleça pequenas responsabilidades aos seus filhos, conforme crescem. Além de incentivar a consciência e bem comum, as crianças se tornam mais cientes de seu papel para o bem maior de seus ambientes e relacionamentos.


5. Incentive seus sonhos

Seja o maior incentivador de seus filhos. Quando as crianças contam com o apoio de seus pais, acreditam que podem ir mais longe, mas quando seus pais não estão ao seu lado, elas se sentem inferiores e incapazes e esse sentimento pode as acompanhar por toda a vida.


6. Cuide de seus filhos sem superprotegê-los

É preciso cuidar de seus filhos e protegê-los das coisas ruins do mundo, mas não permita que seu cuidado passe dos limites e torne seus filhos pessoas inseguras, dependentes e medrosas.  Incentive-os a voarem cada vez mais longe, ao invés de cortar suas asas.


7. Seja positivo com eles

Use uma linguagem amorosa e positiva com seus filhos, para que aprendam como devem ser tratados e com devem tratar as outras pessoas ao seu redor. Ensine-os que devemos sempre incentivar nosso próximo com palavras e atitudes positivas. O mundo já tem muitos exemplos negativos.

Nossos filhos são nosso reflexo, refletem tudo aquilo que somos e o que espalhamos pelo mundo. Enquanto seus pais, devemos preservar a sua inocência, incentivar a felicidade e estar sempre ao seu lado.

Você tem uma grande responsabilidade com seus filhos, seja sempre o seu melhor por eles.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: tomwang / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.