Notícias

Atriz Bruna Aiiso diz que perdeu trabalho por não ter uma mãe com ascendência asiática

Foto: Instagram
atriz

A atriz Bruna Aiiso, conhecida por novelas como Bom Sucesso (2019), da Globo, relatou em suas redes sociais que perdeu uma campanha publicitária por racismo.

Ela, que é ativista da causa amarela e da presença de asiáticos na dramaturgia, havia sido convidada para um anúncio de Dia das Mães ao lado de sua matriarca, mas perdeu o trabalho porque ela é negra.

“Minha agência entrou em contato comigo que tinha uma marca muito grande de dermocosméticos, de coisas para pele, uma multinacional mesmo, que entrou em contato querendo fazer uma publicidade comigo e com minha mãe para o Dia das Mães. Pediram para mandar uma foto minha e da minha mãe. E responderam: ‘Ai, a gente pensou que a mãe dela fosse asiática, então infelizmente não vai rolar’”, contou a atriz.

Decepcionada, Aiiso criticou a posição da marca por causa da cor de sua mãe:

“Para vocês verem como esse mercado e como as pessoas, porque por trás desse mercado existem pessoas, são equivocadas, não entendem qual é a realidade do nosso país, que é plural, tem diversidade, eu só lamento, eles só têm a perder com isso”.

Bruna Aiiso desabafou em suas redes sociais, em um vídeo com fotos dela bebê, de seu pai, japonês, e da mãe, baiana. Ela se chama Lia e trabalhou durante 46 anos nos bastidores da Globo.

O vídeo de Bruna viralizou nas redes sociais, onde acumula quase 250 mil visualizações, e ela recebeu apoio de colegas como Ana Hikari, também ativista da causa amarela, que tem pai negro.

0 %