Notícias

Atriz diz que papel de “mãe do Stifler” a fez dormir com mais de 200 homens

Foto: Instagram
stifler

Jennifer Coolidge, de 60 anos, confessou que sua conhecida personagem na sequência de filmes “American Pie”, no qual interpretou a mãe de Stifler, a fez dormir com cerca de 200 pessoas.

“Houve tantos benefícios em fazer esse filme. Quero dizer, haveria umas 200 pessoas com quem eu nunca teria dormido”, disse ela, em entrevista à revista Variety.

A personagem, que esteve em quatro filmes da franquia de sucesso lançada em 1999, foi a responsável por popularizar a expressão “MILF”, que significa mulher mais velha e sensual.

“Gostei muito de ser uma MILF e tive muita relação sexual por causa de ‘American Pie'”, afirmou.

Em sua carreira, Jennifer conta com trabalhos em filmes como “Legalmente Loira” (2001, 2003), “A Nova Cinderela” (2004) e “Deu a Louca em Hollywood” (2007). No entanto, o papel no drama “The White Lotus”, lançado no ano passado, veio a sua principal personagem, que rendeu indicação ao Emmy e ao Globo de Ouro de 2022.

Antes disso, a atriz admitiu que não era tão levada a sério em Hollywood. “Talvez eu tenha recebido essa atenção especial porque as pessoas me viam antes só como a mãe de Stifler ou a mulher de ‘Legalmente Loira'”, confessou ela.

Ela ainda completou: “Pessoas que eu nunca conseguiria passar nem da porta – de repente estão me pedindo para fazer parte de suas coisas”, acrescentou.

Em uma entrevista no ano passado, ela contou que quase recusou seu papel na série porque pensou que estava “muito pesada” para fazer a personagem. Ela estima ter ganhado entre 13 e 20 quilos no período da pandemia da covid.

“Eu só não queria aparecer tão gorda na câmera por causa de minha alimentação excessiva durante a pandemia da covid-19”, disse ela ao site Page Six.

A atriz admite que ganhou peso porque achou que “todos íamos morrer”. “Realmente morri, então estava me comendo até a morte. Pizzas veganas, às vezes cinco ou seis por dia”, revelou.