4min. de leitura

Aumentando a gratidão e a compaixão, sua alegria aumenta. Simples assim

Por que não ficamos satisfeitos com o básico da vida? Você já parou para pensar em como é afortunado? Já parou para analisar como fica frustrado e ansiando por coisas fúteis?


Aqui abordaremos esta importante pergunta: “Por que não ficamos satisfeitos com o básico da vida?” E veremos como podemos mudar essa visão para ter uma vida mais feliz e centrada.

Por que estamos sempre ansiosos, querendo mais e mais e mais?

Por que não podemos apreciar quem está por perto, quem temos na vida? Isso acontece com você?


Não só experimentamos muita ansiedade e frustração, mas ao não apreciar o básico da vida, perdemos uma gloriosa chance de cultivar gratidão e ser feliz.

Graças a Deus, eu nunca passei necessidade nessa vida. Mas eu agradeço, todos os dias, por comer. Estou ciente que é uma bênção. Aprecio a enorme fortuna que tenho de não passar fome hoje, de não ver meus filhos passando fome. Isso me dá alegria.

Todos os dias, ao acordar, se consegui minhas 7-9 horas de sono, sinto enorme gratidão.


Agradeço a Deus pela bênção. Experimento meu corpo e mente renovados pelo sono. Sei como é ruim não ter uma boa noite de sono. Fico feliz de ter dormido bem.

Experimento gratidão pela simples, mas absolutamente essencial conquista de comer. Paro e penso como sou afortunado! Cá estou, respirando, comendo. Os pilares do viver. Isso só é possível pela graça de Deus. Eu fico feliz e realizado em conseguir isso a cada dia.

Não raramente, aprecio a bênção de ter uma cama com travesseiro, de estar dentro de uma casa com telhado e de ter paredes deixando o vento, a chuva, os insetos e os animais de fora. Isso é uma enorme conquista para qualquer terráqueo. Experimento felicidade por isso.

E o chuveiro quente? Como podemos desprezar esse milagre? Você gira uma maçaneta e instantaneamente sai água quente, num espaço com quatro paredes, sem vento?

Isso é uma grande bênção! Um luxo que até pouco tempo, nem imperadores tinham! Experimento gratidão e felicidade com um banho quente.

Acha besteira? Olhe ao seu redor. Sabia que 2,1 bilhões de pessoas não têm acesso à água potável no planeta? Que 870 milhões de pessoas passam fome no mundo? 4,5 bilhões de pessoas, mais da metade dos humanos no planeta, não têm acesso a saneamento básico?

Vai esperar ficar sem essas coisas para poder apreciar o que tem hoje? Precisa perder para dar graças ao ter hoje? Precisa passar fome para valorizar a bênção de comer todos os dias?

Ao experimentar gratidão pelo básico da vida, podemos experimentar felicidade e contentamento a cada dia. Eu faço isso, e lhe digo que realmente funciona.

Podemos também aumentar nossa compaixão por aqueles que não têm. Em vez de querer mais e mais coisas inúteis, que logo serão esquecidas, podemos pensar em como dar essa bênção do básico da vida para os que não o têm.

Aumentando a gratidão e a compaixão, sua alegria aumenta. Simples assim.

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.