Gabriela M. Neumann
Gaúcha, 31 anos, mestre de nada e discípula de ninguém. Servidora pública, ariana, formada em Direito e percebendo a faísca de luz para além das leis da justiça, decidiu estudar as leis da atração, da ação e reação e outras leis universais. Acredita no ser humano e no amor incondicional, em que os espaços e a individualidade de cada um sejam respeitados. Tem a palavra “Hope” tatuada na costela, porque a esperança é a última que morre.