AtitudeAutoconfiançaAutoconhecimento

Auto-realização: sendo quem você é!

O que significa tornar-se auto-realizado? Auto-realização significa alcançar seus desejos mais profundos e manifestar suas maiores capacidades. Através de seus próprios esforços, seguindo o seu próprio caminho, você cria a felicidade e um senso de propósito.



Em graus variados, todos nós queremos mais. Não necessariamente mais coisas, ou mais reconhecimento, prêmios, dinheiro ou qualquer motivação externa. Não – nós queremos expressar plenamente o que somos, sem medo e sem sentir que “Eu não sou bom o suficiente.”

Às vezes, é uma busca permanente de sentido que nos leva a olhar profundamente em nossa vida e decidir fazer mudanças drásticas. Às vezes, passamos pela vida pensando que está tudo bem, até que um dia percebemos que algo essencial está faltando. No entanto, você chegou a este ponto de querer auto-realização … você está aqui.

E agora?


ully_costa-quemSouEu-3_baixa

A viagem para a auto-realização é tão individual como você é. Não há maneira certa, nenhuma maneira errada, há apenas o seu caminho. Com isso dito, existem coisas que você pode fazer para tornar a sua visão – e sua maneira – clara e óbvio para você.

Vamos lá!

Quando você olha para o seu futuro, você o vê com os olhos do passado.


Nós todos amamos revisitar o passado e suas lembranças, boas e ruins. Em vez de aprender com o passado, tendemos a passar por anos e anos de reprises. Nós temos exatamente os mesmos pensamentos toda vez sobre determinados eventos memoráveis, como se isso confirmasse quem somos – aquelas memórias e bem ensaiados momentos notáveis ​​são parte da nossa identidade.

Mas e se o passado realmente não importasse? E se você acordasse um dia e uma memória dolorosa tivesse se apagado. Você ainda seria você? É claro que você seria!

Escolha não mais ser definido por algo que aconteceu em seu passado. Se você passou por um divórcio anos atrás e ainda está repetindo coisas ofensivas que foram ditas e coisas amorosas não ditas… sabendo que não há nada que você possa fazer para voltar no tempo e fazer tudo de novo … Que bem que isso está fazendo? Nada! Está manchando a sua visão do futuro, porque parte daquela memória é uma imagem mental de si mesmo que você pintou – uma imagem de si mesmo como uma vítima, ou uma pessoa má, ou qualquer outra coisa que você escolheu acreditar.
993713_623284181044255_903709616_nToda vez que você pensar sobre o passado doloroso, PARE. Apenas pare. Inspire a palavra “Deixe” e expire a palavra “Ir”. Deixe. Ir. Deixe. Ir. Mágoas do passado não pertencem a sua visão do futuro. Elas roubam-lhe a energia que você precisa para fazer o seu futuro ideal acontecer.


Ame-se!

O que você vê quando olha no espelho? Você vê a si mesmo como digno (do que quiser)? Vê o seu imenso potencial? Ou você se concentra em seus defeitos físicos e deficiências de personalidade?

Se você ver qualquer coisa menos do que o que você quer ver, pergunte-se por quê. Você é único. Você é um milagre exclusivo com seus próprios sonhos, dons e talentos, medos e gostos.

Se alguém lhe disse no passado que você não é bom o suficiente, deixe que seja o problema deles, não seu. Eles estavam tentando transformá-lo em algo que você não é! Se você disse a si mesmo que você não é bom o suficiente, deixe que fique no passado, quando você não sabia melhor.


Não há problema em mudar de direção a qualquer momento! Não há problema em deixar ir o passado! Então, e daí se você não é um atleta talentoso ou matemático ou pintor que você ou alguém queria que fosse? Seus pontos fortes são outros. Cave mais fundo e encontre-os.

Você não está aqui para medir-se com os ideais de outras pessoas. Você está aqui com o propósito de auto-realização! Há uma razão pela qual você é do jeito que você é.

Olhe para si mesmo através dos olhos dos seus potenciais, não das falhas e decepções do passado. Sem esses fracassos e decepções, você não estaria aqui, agora, dizendo: “é a minha vez!” Escreva sua própria história de vida!

Parte de amar a si mesmo envolve não julgar os outros. Assim como você não está aqui para medir-se com os ideais de alguém, eles não estão aqui para medir-se com o seu. A outra parte de amar a si mesmo envolve o perdão. Deixe. Ir. Nós todos ouvimos isso antes: segurar rancores e ressentimentos é como beber veneno e esperar que a pessoa que o ofendeu morra. Por que você está escolhendo segurar os rancores e ressentimentos? Você pode facilmente optar por soltá-los em vez de repetir continuamente o evento e o que você poderia fazer / dizer se você só pudesse …


… Você poderia estar voltando suas energias e poder criativo imenso para fazer o que te torna feliz, satisfeito e realizado!

screen-shot-2012-09-18-at-9-16-00-pm

Enquanto você para de julgar os outros e você os perdoa, pare de julgar a si mesmo! Perdoe-se!

Tudo isso lhe dará uma compreensão clara do seu valor, o seu propósito, sua razão de ser aqui. Você pode pensar: “talvez eu deveria me juntar ao Corpo da Paz” ou fazer outro trabalho altruísta, porque parece uma coisa nobre e boa de fazer. Bem, isso é! Mas é isso para você? E se suas paixões dizem o contrário? E se você é auto-realizado, feliz, fazendo o seu melhor … criando palavras cruzadas, ou fazendo arte, ou ensinando a pré-escola, ou dominando motocicletas …


Você pode se beneficiar seguindo sua intuição, na forma de orientação que vem de dentro. Por quê? Porque, às vezes, você pode ouvir “, isto é para você”, mas descartá-lo por causa de algo que você acredita sobre si mesmo. E se essa crença é totalmente falsa? E se você permitir que seu eu superior suavemente o leve pela mão e diga: “Está tudo bem! É realmente por isso que você está aqui!”

Acredite no poder de VOCÊ. Você pode sentir a sua vibração aumentar quando você pensa sobre o que você secretamente gosta de fazer com sua vida? Oh, sim! É uma sensação boa, não é? Agora vá fazê-lo!

Fonte: love or above


Os pensamentos e a qualidade da sua energia…

Artigo Anterior

Mãe faz sucesso em ny com fotos de bebê e filhote que só dormem juntos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.