Comportamento

Aviões da Força Aérea farão o transporte das vacinas contra covid-19 para 11 capitais brasileiras

capaavioes da Forca Aerea farao o transporte das vacinas contra Covid 19 para 11 capitais brasileiras

A Força Aérea Brasileira (FAB) fará parte da entrega das vacinas no país. Entenda melhor!

No último domingo (17), a Anvisa comunicou a liberação do uso emergencial das vacinas CoronaVac e de Oxford em todo o país.

Momentos após o anúncio, o estado de São Paulo deu início à vacinação com a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, que trabalha na linha de frente e participou da fase 3 dos testes da CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan com o laboratório chinês Sinovac.

A decisão do estado foi reprovada pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que afirmou que a CoronaVac foi comprada com o dinheiro do SUS, por isso as doses deveriam ser entregues pelo Ministério da Saúde.

João Doria rebateu as críticas e esclareceu que a vacina foi financiada pelo governo do estado e que o investimento ainda não tinha sido ressarcido pelo governo federal.

A previsão inicial era que a campanha de vacinação começasse no país na quarta (20), mas Pazuello voltou atrás na decisão ao ser pressionado pelos governadores, que queriam que as doses começassem a ser aplicadas na população o quanto antes.

Segundo o novo calendário, a vacinação começou já na segunda (18), a partir das 17h, para dar tempo de todos os estados receberem doses suficientes para dar início às aplicações.

2avioes da Forca Aerea farao o transporte das vacinas contra Covid 19 para 11 capitais brasileiras

Direitos autorais: reprodução FAB.

O transporte das vacinas é feito, primordialmente, por aviões e também caminhões refrigerados.

A Força Aérea Brasileira (FAB) entregou as doses das vacinas a 10 estados brasileiros na segunda: Acre, Rondônia, Amazonas, Roraima, Amapá, Piauí, Ceará, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Goiás, além de Brasília.

De acordo com o site da FAB, o transporte das vacinas continuaria na terça-feira (19) e a expectativa é que, apenas nesses dois dias, 44 toneladas de vacinas seriam transportadas. As empresas Azul, Latam, Gol e Voepass se comprometeram a transportar os imunizantes gratuitamente aos estados que precisarem.

O tenente-coronel-aviador Marcelo Alexandre Browne Issa, segundo o comandante do Esquadrão Onça e responsável por uma das unidades aéreas envolvidas na missão, disse que esse é um momento gratificante e de importância imensurável, pois a FAB está somando esforços e fazendo o seu melhor para que os anseios dos brasileiros sejam atendidos.

Após a entrega dos imunizantes, será de responsabilidade de cada governo, em parceria com o Ministério da Defesa, encaminhar as doses para os municípios, para início da vacinação.

Segundo o Ministério da Saúde, as vacinas serão usadas, primeiramente, em programas de saúde pública e, após isso, direcionadas a pessoas dos grupos de risco, como profissionais da saúde, idosos e indígenas.

Compartilhe a notícia em suas redes sociais!

Mônica Calazans, primeira pessoa vacinada no Brasil, encoraja: “Não tenham medo!”

Artigo Anterior

“Perdi meus pais num intervalo de 17 minutos por falta de oxigênio”, diz empresária de Manaus

Próximo artigo