Comportamento

Avó dá pijamas idênticos aos 4 netos no Natal, mas exclui o enteado. A foto enfureceu a web!

capaa avo da o mesmo pijama aos 4 netos no Natal mas exclui o enteado A foto enfureceu a web
Comente!

O caso foi contado nas redes sociais e a mulher tem recebido muitas críticas.

A responsabilidade emocional é uma característica fundamental em todos os relacionamentos. Pensar e agir com empatia, considerando como as nossas atitudes afetarão a vida das pessoas à nossa volta é essencial para construirmos vínculos positivos e saudáveis baseados no respeito mútuo e na lealdade.

Devemos desenvolver essa qualidade e a expressarmos em todos os nossos relacionamentos, especialmente com as crianças. Os pequenos se espelham nos adultos próximos para construir o seu caráter e têm o estado emocional muito afetado por todas as experiências da sua infância.

Muitos adultos, no entanto, seja por maldade ou pura ignorância, expõem as crianças a situações constrangedoras de forma totalmente desnecessária e nos impressionam com a sua falta de empatia e cuidado.

Recentemente, um caso revoltante tem circulado pela web e arrancado severas críticas das pessoas a uma mulher que teve uma atitude muito mal-intencionada para com uma criança inocente.

Conforme contado numa matéria do Daily Mail, uma mulher da Inglaterra comprou pijamas combinando para todos os netos, como presente de Natal, menos para o enteado do seu filho, deixando-o destoado do grupo.

A mulher, que não teve o nome divulgado, ainda compartilhou a cena na internet, por meio de uma foto. O retrato, bastante expressivo, mostra todas as crianças sentadas em frente à árvore de Natal com seus novos pijamas.

O filho de sua nora, de um relacionamento anterior, era o único que não estava usando o pijama estampado.

Um amigo da família se indignou com a sua atitude e resolveu compartilhar a imagem com o grupo local de Brierly Hill no Facebook. A publicação foi compartilhada na página com os seguintes dizeres: “Um amigo meu é casado. A sua mãe comprou pijamas iguais para todas as crianças, EXCETO para o que não é seu neto. Ela está errada?”

Como já é de se esperar, a publicação teve um grande alcance e reuniu diversas opiniões sobre o caso. Muitos dos comentaristas se mostraram revoltados com a avó, criticando seu comportamento, dizendo que ela é “cruel” e “pura maldade”.

Um dos usuários indagou: como a mulher poderia tratar uma criança diferentemente de qualquer outra? Afirmou que se trata de algo cruel e totalmente inaceitável. Outra pessoa comentou que sua atitude foi completamente horrível e que mesmo que ela não quisesse dar o presente à outra criança, podia se oferecer para encomendar e os seus pais pagavam.

Outro usuário afirmou que crianças são crianças, independentemente de serem nossas ou não, e que todas devem ser tratadas da mesma forma. Ele ainda lamentou o fato de a criança ter uma família tão mesquinha.

Entretanto, nem todas as críticas foram à avó. Algumas pessoas também culparam os pais por permitir que seus filhos usassem o pijama, deixando a outra criança excluída. “Para ser absolutamente honesto, os pais estão errados em deixar que as outras crianças os usem”, disse um dos comentaristas. Outro falou que teria devolvido os presentes e dito à mulher que ou todos receberiam o mesmo presente ou nenhum receberia, pois não devemos permitir que ninguém trate nossos filhos dessa maneira.

Sabendo dos danos emocionais que uma atitude como essa pode causar, a maioria das pessoas ficaram a favor da criança, mas ainda houve aqueles que preferiram apoiar a mulher. “Eu não diria que concordo nem discordo, porque isso acontece muito hoje em dia, e as pessoas têm seus próprios caminhos que alguns verão como errado e outros não”, argumentou um usuário.

Comente!

Museu desafia internautas a recriarem obras de arte em casa. O resultado é sensacional

Artigo Anterior

Polêmica: “Meu marido me traiu, engravidou uma mulher e agora não quero a criança conosco no Natal”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.