Notícias

Avô é preso por suspeita de estuprar e transmitir sífilis à neta de 7 anos

Foto: Divulgação
Avo e preso por suspeita de estuprar e transmitir sifilis a neta de 7 anos

Um homem de 45 anos foi preso suspeito de estuprar a própria neta na Maré, na Norte do Rio. O suspeito foi preso por policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav) em Itaguaí, na Baixada Fluminense, na quinta-feira (31).

As investigações se iniciaram após a vítima, de 7 anos de idade, dar entrada na UPA da Vila do João e apresentar uma forte coceira na região genital. Após exames, a menor testou positivo para sífilis, e apresentava claros sinais de ter sofrido abusos sexuais.

Após os resultados, a médica responsável pelo atendimento orientou que a mãe da criança fosse até uma delegacia para denunciar o crime. Chegando à unidade, a criança passou por análise do IML, que constatou em laudo pericial o estupro de vulnerável.

Ao retornar para a delegacia, a menor revelou que os abusos aconteceram quando sua mãe e seu tio saíram de casa para ir a uma festa, e a deixaram com seu avô materno. Após o depoimento, o inquérito foi instaurado e o acusado foi preso preventivamente.


Se você presenciar um episódio de violência contra crianças ou adolescentes, denuncie o quanto antes através do número 100, que está disponível todos os dias, em qualquer horário, seja através de ligação ou dos aplicativos WhatsApp e Telegram.

O mesmo número também atende denúncias sobre pessoas idosas, pessoas com deficiência, pessoas em restrição de liberdade, população LGBT e população em situação de rua. Além de denúncias de discriminação étnica ou racial e violência contra ciganos, quilombolas, indígenas e outras comunidades tradicionais.

0 %