Pessoas inspiradoras

Baiano que ajudava mãe a vender bolos ganha concurso de modelo e vira capa da Vogue!

Adilson tem apenas 19 anos, mas sonha em trabalhar como modelo nos grandes centros do país, como São Paulo, e já estampou a Vogue Itália e Brasil.



Sair em busca de um sonho nem sempre é a coisa mais simples do mundo. Na verdade, na maioria das vezes, envolve muito esforço e resiliência, fazendo com que tenhamos de lutar para chegar perto dos nossos objetivos. Para quem não nasceu em famílias abastadas, as dificuldades são ainda maiores, já que além de precisar enfrentar o trajeto, é preciso batalhar contra a desigualdade social e outras injustiças sociais.

Mas é emocionante conhecer a história de alguém que saiu da simplicidade e traçou um caminho bonito até os seus objetivos. Esse é o caso de Adilson Silva, de 19 anos, modelo baiano que tem dois anos de carreira, mas ainda está em busca de grandes conquistas na área, como trabalhar em grandes centros, como São Paulo.

Segundo reportagem do jornal Correio, Adilson conquistou o primeiro lugar no Beleza Black, um dos maiores concursos de belezas negras do país, além de participar no Fashion Film do Afro Fashion Day e até sair na Vogue Brasil e Itália, mostrando que leva a profissão com muita seriedade.


O modelo acumula trabalhos com marcas de destaque no país, como Meninos Rei, Dendezeiro, Ateliê Mão de Mãe, MB Conceito e Gefferson Vila Nova, que estreou na Casa de Criadores recentemente, uma das mais importantes semanas de moda do Brasil.

O modelo explica que todos esses trabalhos ajudam a compor seu portfólio, já que um de seus maiores sonhos é trabalhar na área, em São Paulo, onde tem mais oportunidades de emprego e é considerado o polo da moda no país. Mas para chegar lá, ainda enfrenta outra grande dificuldade: a falta de dinheiro. Como nasceu em família humilde, Adilson precisou trabalhar desde a infância para ajudar a complementar a renda da casa.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@joelma.sss.

O jovem trabalha com a mãe vendendo bolos de pote nas ruas de Cajazeiras e com o pai, como ajudante de pedreiro, mas o dinheiro que recebe não é suficiente para bancar seus gastos com a mudança. O jovem conta que a família lhe oferece todo apoio, mas não tem condição financeira de ajudá-lo a realizar seu sonho.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@joelma.sss.

Por isso, Adilson criou uma vaquinha on-line em busca de arrecadar cerca de R$ 5 mil, dinheiro que vai ajudar na sua mudança para São Paulo. O modelo tem planos de ir para a capital paulista nos próximos dois meses, e explica que vai usar o dinheiro com as passagens, estadia e despesas básicas, como alimentação e locomoção.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@joelma.sss.

Com um imenso potencial para alçar voo na área da moda, o jovem ainda esbarra em problemas de desigualdade social, o que atrasa seu desenvolvimento profissional. Mas nem por isso ele desiste da ideia de se tornar referência na área, um símbolo brasileiro de sucesso e resistência.


Filha de dependente química, abandonada no hospital recém-nascida, é adotada por enfermeira!

Artigo Anterior

Só as pessoas mais atentas conseguem encontrar a borboleta e o pato na imagem em menos de 20 segundos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.