Pessoas inspiradoras

Baiano que vendia trufas na rua para sobreviver se forma em Enfermagem e trabalhará na Alemanha!

Do interior da Bahia para a Europa! Conheça a história deste enfermeiro inspirador!



Nosso país é cheio de grandes talentos. Pessoas que, mesmo passando por muitas dificuldades, nunca desistiram de buscar uma vida melhor e que alcançam grandes conquistas, tornando-se inspiração para muitos de nós.

Esse é o caso de Carlos Eduardo Arruda, um baiano de 25 anos. O rapaz é filho de mãe solteira. Assim como muitos brasileiros, ele precisou batalhar muito para concluir o ensino superior.

Segundo contado pelo Educa Mais Brasil, Carlos conseguiu entrar na faculdade através do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), usando sua nota no Exame do Ensino Médio (Enem). Sem esse auxílio, o jovem não teria a oportunidade, já que não conseguiria pagar pelas mensalidades do curso.


Durante o tempo em que estudou Enfermagem, Carlos teve de conciliar a rotina com outro grande compromisso: a venda de trufas nos semáforos, essencial para colocar comida em casa e bancar seu transporte para a faculdade.

Esse não foi um período fácil, e o jovem teve que investir muito de si para cumprir todas as suas obrigações, mas os resultados vieram de forma poderosa.

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Atualmente, o enfermeiro Carlos é coordenador de uma Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF), no interior da Bahia. Ele atende à demanda espontânea, casos de pré-natal, monitora pacientes com covid-19 e soluciona os problemas enfrentados na unidade de saúde.


Pelo seu profissionalismo e dedicação, Carlos foi reconhecido e, em 2022, vai se mudar para a Alemanha. Foi aprovado num processo seletivo para trabalhar como enfermeiro em um hospital do país europeu. Já está se preparando para a partida e começará um curso para aprender o idioma em breve.

Sobre as alegrias de sua profissão conquistada com tanto suor, o enfermeiro revela que o que mais ama é o retorno positivo dos pacientes. Carlos compartilhou que uma mensagem de uma paciente, em especial, motivou-o muito.

A mulher, que teve o primeiro pré-natal realizado pelo enfermeiro, disse à agente comunitária que amou o serviço prestado por ele. O jovem sente-se motivado em saber que está fazendo um bom trabalho e acrescenta que ver um paciente sair feliz e grato é algo muito importante para ele.

Que grande conquista! Carlos é mais um grande exemplo de que os brasileiros são um povo de muita capacidade e que não há limites quando se dedicam e confiam em si mesmos!


“Seja feliz em silêncio. Quanto menor for a plateia, maior será o seu sucesso!”

Artigo Anterior

“Você não pode entrar aqui.” Jovem conta que foi expulsa de restaurante por usar top

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.