Notícias

Em São Paulo, Minhocão amanhece com colunas cobertas de bandeiras do Brasil e “Fora Bolsonaro”

Foto: Instagram
Bandeiras do Brasil com 22Fora Bolsonaro22 são coladas no 22Minhocão22 em SP

O protesto contra o atual governo chamou a atenção, e as bandeiras foram colocadas em vários pontos estratégicos da capital paulista.

Em plena corrida eleitoral, manifestantes contra o atual governo seguem se manifestando publicamente, utilizando os espaços que possuem para demonstrar a insatisfação que sentem.

No dia 16 de maio, um conhecido ponto de São Paulo acordou coberto de bandeiras do Brasil, que poderiam até lembrar – para quem via a uma certa distância – um movimento pró-Bolsonaro, mas que era na realidade o extremo oposto.

O “Minhocão”, nome popular do Elevado Presidente João Goulart, teve suas colunas cobertas com as bandeiras do Brasil, que receberam em seu centro os dizeres “Fora Bolsonaro”, máxima da oposição ao atual governo.

Para aqueles que imaginavam que se tratava de uma manifestação em defesa do atual chefe do Executivo, se enganaram, e acabaram encontrando uma resistência.

A capital paulista frequentemente recebe intervenções contra o atual presidente, manifestando a opinião de um segmento da população. Uma das maiores críticas é em relação à inflação e a alta nos preços dos alimentos, que impactaram majoritariamente na população mais pobre do país. As bandeiras colocadas no Minhocão não eram de tecido, e sim de lambe-lambe, uma forma de aplicação artística que consiste em colar uma imagem em papel comum diretamente nas paredes, muros e outras superfícies da cidade.

Verde e amarelo

Muitos manifestantes e eleitores anti-bolsonaristas têm buscado retomar as cores da bandeira do Brasil, que são associadas à direita neoliberal que votou em Jair Bolsonaro em 2018. Nessa campanha, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) chegou a se manifestar em inúmeros momentos sobre o assunto, explicando que a bandeira do país não pode ser “tomada” por um segmento da população, e que ela precisa representar a todos.

Muitos artistas contrários ao atual governo também apostaram nas cores da bandeira em apresentações e shows, como Daniela Mercury, Anitta, Djonga e Iza, por exemplo. Esse tipo de manifestação não é incomum, outra que surge com frequência nas paredes da cidade é o “Bolsocaro”, que imita a estética da escrita dos preços de mercado, anunciando o aumento dos alimentos.

Prefeitura

Apenas dois dias depois da manifestação, a prefeitura de São Paulo removeu os cartazes artísticos espalhados pelo Minhocão. As fotos da via expressa acabaram viralizando nas redes sociais através da página do Instagram Vila Buarque, que explicou em uma publicação que da rua General Jardim até Jaguaribe os pilares estavam dessa forma.

vila buarque 1

Direitos autorais: Reprodução/ Instagram

A Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento esclarece que intervenções artísticas visíveis de logradouro público precisam ter anuência do proprietário do imóvel ou bem público onde serão expostas, o que não ocorreu neste caso”, declarou em nota a prefeitura.

2 Em Sao Paulo Minhocao amanhece com colunas cobertas de bandeiras do Brasil e Fora Bolsonaro

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @vilabuarque

Uma das maiores críticas realizadas nas redes sociais foi a rapidez que o órgão levou para tomar uma providência com a limpeza urbana, ao mesmo tempo em que era possível ver pessoas em situação de rua no Minhocão que não receberam a mesma atenção pública. Usuários chegaram a tecer comentários sobre a situação na página Vila Buarque, que não apenas filmou a retirada dos lambes, como acompanhou o processo.

0 %