Notícias

Bárbara Evans testa positivo para covid-19 no 7° mês de gestação

capa site Barbara Evans testa positivo para Covid 19 no 7° mes de gestacao

A modelo e o marido Gustavo Theodoro contraíram o vírus depois da viagem para São Paulo.

As novas variantes e subvariantes da covid-19 continuam infectando pacientes no mundo inteiro, mas aqueles que completaram o ciclo de imunização e receberam também a dose de reforço afirmam que apresentam apenas sintomas leves da doença. A Ômicron se espalhou mais rapidamente do que a variante original, muito impulsionada pelas festas de fim de ano, mas a tendência é que apenas os não imunizados — crianças, por exemplo — ou quem tem comorbidades correm mais riscos de desenvolver o quadro grave da doença.

Assim que o Sars-CoV-2 começou a acometer a população, inicialmente a de Wuhan, na China, pouco se sabia sobre o vírus, mas especialistas e cientistas deduziam que, assim como a H1N1, os grupos de risco seriam apenas as pessoas com comorbidades e os idosos. Com o passar dos meses, os estudos mostraram que as gestantes, principalmente as que estão nos dois últimos trimestres de gravidez e as puérperas apresentam grandes chances de complicações ao contrair a doença.

Uma revisão sistemática em 2021 mostrou que as mulheres grávidas apresentam evolução mais acelerada para quadros moderados e graves da covid-19, e a morte materna acontece de 0,6% a 2% das pacientes. Por isso o Ministério da Saúde passou a considerar gestantes e puérperas (até o 14º dia pós-parto) também como grupo de risco.

O vírus é responsável pelos maiores casos de pré-eclâmpsia, infecções graves, admissão na UTI, mortalidade materna, parto prematuro, maior índice de morbidade perinatal grave e mortalidade perinatal. Sendo que mesmo as assintomáticas corram mais riscos de morbidade e pré-eclâmpsia.

Esses dados assustam as famílias brasileiras, e é justamente por isso que os médicos e profissionais da área da saúde destacam que é preciso tomar mais cuidado com os grupos de risco, já que, no caso das gestantes, as chances de complicações são altas.

A modelo e atriz Bárbara Evans, de 30 anos, usou suas redes sociais no dia 31 de janeiro para falar sobre ter contraído covid-19 em uma viagem a São Paulo.

2 Barbara Evans testa positivo para Covid 19 no 7° mes de gestacao

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @barbaraevans22.

Grávida de sete meses de Ayla, a primeira filha, fruto do relacionamento com o empresário Gustavo Theodoro, ambos testaram positivo para o coronavírus. A modelo explicou que, depois de passar por São Paulo, fizeram o teste para covid-19; o marido apresentou sintomas, e seu exame deu positivo para o vírus. Bárbara conta que seu primeiro deu negativo, mas como também apresentou sintomas, refez e recebeu a notícia de que também estava infectada.

Nos stories do Instagram, Bárbara explicou que não sabia se contaria aos seguidores ou não, porque acredita que algumas pessoas poderiam “botar coisas na cabeça” dos dois, provavelmente afirmando que alguns internautas poderiam colocar medo no casal. A modelo explicou que sua quarentena acaba na próxima sexta-feira, dia 4 de fevereiro, e a do marido já terminou.

3 Barbara Evans testa positivo para Covid 19 no 7° mes de gestacao

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @barbaraevans22.

Como eles apresentaram sintomas com dias de diferença, e a nova variante da covid-19 pode reinfectar os pacientes, Bárbara contou que está cumprindo o isolamento no quarto, enquanto Gustavo tem ficado na sala da casa, isso há mais de sete dias. Muitos seguidores ficaram ansiosos com a revelação da modelo, que está grávida, mas ela fez questão de tranquilizar todos.

4 Barbara Evans testa positivo para Covid 19 no 7° mes de gestacao

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @barbaraevans22.

De acordo com Evans, ambos tiveram apenas uma manifestação leve da doença. Ela se sentiu mal, com dor de garganta e obstrução nasal, mas nada que pudesse assustá-la ou afetar o desenvolvimento da filha. A modelo ainda reforçou que ficou bem porque tomou as três doses da vacina contra o coronavírus, e fez um alerta a todos, pedindo que tomem as doses do imunizante, já que a nova variante é muito mais fácil de ser contraída.

0 %