Pessoas inspiradoras

Bebê abandonada, gravemente desnutrida e com paralisia cerebral, é adotada por jovem. Salvou sua vida!

Uma jovem de 24 anos decidiu tomar conta do bebê, de pouco mais de um ano, conhecido em um evento de caridade.



A adoção, embora seja uma das demonstrações de afetos mais nobres, ainda não é bem-vista por todas as pessoas. Os pais adotivos precisam preencher uma quantidade gigantesca de pré-requisitos sociais na expectativa de que os indivíduos ao seu redor considerem aquele amor genuíno. Se, por um lado, alguns acreditam que é um ato de “caridade”, por outro, parecem não estar satisfeitos com os motivos das famílias.

Em busca do melhor para as crianças, adultos com a vida estruturada remam contra essa corrente, tentando não prestar atenção nos julgamentos externos. A jovem Thanh Tam, de apenas 24 anos, decidiu adotar uma bebê de apenas 14 meses, que havia sido abandonada pela família por conta de seus problemas de saúde.

Segundo o HK News, muitos não compreenderam as motivações da jovem e acreditavam que ela não era a melhor opção para a criança. O caso da bebê era grave, ela havia sofrido negligência, foi encontrada em estado de desnutrição e ainda sofria de paralisia cerebral.


Em 2016, Thanh Tam foi a um evento de caridade, em Lao Cai, no Vietnã, e foi quando conheceu Yen Nhi, abandonada em situação precária, e precisava de um novo lar.

Mesmo sendo jovem e não tendo planejado constituir família de forma imediata, a mulher sentiu que sua conexão com a bebê era muito forte, e decidiu adotá-la. Muitos questionavam as intenções de Thanh Tam, acreditando que ela estava sendo motivada a adotar a menina apenas para obter vantagens e ganhos financeiros.

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Mesmo em descrédito social, ela deu início ao processo de adoção, já que o caso era urgente. Yen Nhi precisava de cuidados especiais, era extremamente magra por conta da desnutrição e acabou chamando a atenção da mídia local e das pessoas, que frequentemente comentavam sobre seu caso nas redes sociais.


Assim que conseguiu realizar a adoção, Thanh Tam imediatamente foi criticada, acusada de querer se beneficiar com a menina ou garantir holofotes sobre si mesma. Nos últimos cinco anos, ela tem provado que as duas nasceram para ficar juntas, já que o estado atual da criança prova melhoras na sua saúde e bem-estar.

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Com 30 anos atualmente, Thanh Tam se casou e teve um filho biológico, mas o aumento da família não trouxe nenhum prejuízo para Yen Nhi, que sempre é vista muito feliz e recebendo os melhores cuidados que a família pode lhe oferecer. A mãe faz questão de pagar o melhor tratamento médico, em clínicas especializadas em seu caso, o que obviamente surtiu efeito, já que a menina está irreconhecível.

Mãe e filha vão juntas a todos os lugares, e os médicos que atendem a criança enfatizam que não houve nem sequer um momento em que duvidaram da capacidade de cuidado da jovem.


As críticas foram duras no início, mas Thanh Tam mostrou que não dá ouvidos para opiniões que não estão interessadas em melhorar a vida da filha, e continua a fazer um ótimo trabalho.

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Recentemente as duas voltaram a circular nas redes sociais vietnamitas mas, desta vez, o motivo era nobre. Thanh Tam foi chamada de “mãe do ano” pelos usuários que compartilhavam as fotos do antes e depois de Yen Nhi. Os laços entre as duas são inquebráveis, e a melhor coisa que a mãe fez foi não ter dado ouvidos aos outros, usando toda a sua energia para melhorar a vida de quem mais precisava: sua filha.

O que achou desta história?


Comente abaixo e compartilhe-a nas suas redes sociais!

Prestes a desistir, cãozinho sem pelo e muito doente é resgatado. Recuperou a vontade de viver!

Artigo Anterior

Mãe coloca filhos ao vivo no Facebook e pede que amigos os olhem enquanto ela fuma

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.