Notícias

Com 40 dias de vida, bebê morre vítima da covid-19: “Ficou intubada por 10 dias e não aguentou”

Bebê começou a apresentar os sintomas 15 dias depois do nascimento. Caso aconteceu em MS. Saiba mais!



No último dia 12 de abril, uma bebê de apenas 40 dias de vida morreu em Campo Grande (MS), vítima da covid-19, segundo informações do G1.

Stefanine Almeida, mãe da bebê Isadora, contou que a filha nasceu em 4 de março e, 15 dias depois, começou a apresentar sintomas da doença, sendo levada imediatamente pela família a um hospital infantil da cidade.

Quando o quadro de Isadora piorou, ela foi encaminhada para o Hospital da Cassems, onde foi intubada. Mesmo com a intubação, Stefanine percebeu que filha não melhorava, já que começou a receber muitas ligações do hospital.


Direitos autorais: Stefanine Almeida/arquivo pessoal.

No último dia 12, ela foi informada que a filha não havia resistido à doença, depois de 10 dias de intubação. Ela contou que já esperava pelo pior, e que estranhou o fato de o hospital pedir para que ela fosse visitar a filha dias antes. Segundo a mãe, Isadora já tinha todo o enxoval pronto, mas tudo teve que ser cancelado.

Stefanine, que pouco pôde curtir a segunda filha, contou que se sentiu arrasada por não ter podido fazer nada, e que o seu sentimento diante de toda a situação foi de impotência.

O enterro da bebê, que passou apenas 15 dias em casa, acontecerá no interior de São Paulo, na cidade Presidente Venceslau, onde os pais de Stefanine vivem.


Vivendo essa grande perda, ela aproveitou para mandar uma mensagem para todos sobre os cuidados contra a doença.

A jovem pediu para que as pessoas tenham “mais consciência”, porque as crianças também ficam mal com a doença e que, através do caso da filha, percebeu que situação é “muito grave”.

Stefanine ainda disse que sempre conversava com Isadora durante a gravidez, e que a amava muito. Também contou que pegou dengue uma semana antes do parto, mas que se recuperou antes da filha nascer.

Direitos autorais: Stefanine Almeida/arquivo pessoal.


As Secretarias Estadual e Municipal de Saúde (SES e SESAU) afirmaram que não haviam sido informadas sobre a morte da bebê.

Segundo dados do Sistema Mais Saúde, plataforma do Governo de MS com dados da pandemia, em todo o Estado já foram contabilizadas 5 mortes de crianças de 0 a 9 anos em decorrência da covid-19 até então.

Uma perda muito grande para a família.

Compartilhe o texto em suas redes sociais e ajude a aumentar a conscientização sobre a doença.


Supermercado impressiona com generosidade ao anunciar doação de comida durante pandemia!

Artigo Anterior

Vídeo mostra Henry Borel mancando após suposta agressão

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.