Notícias

“Você é um guerreiro”, bebê ferido em ataque à creche em Santa Catarina recebe cartaz de incentivo

Com apenas um ano e oito meses, o menino que sofreu os ataques foi levado ao hospital em estado grave, passou por uma cirurgia e agora se recupera dos ferimentos.



Na terça-feira, dia 4, um jovem de 18 anos invadiu a escola Aquarela carregando duas facas, às 10 horas. A creche fica em Saudades, Santa Catarina, e recebe crianças de seis meses a dois anos, sendo que 20 estavam no local na ocasião, sob os cuidados de cinco professores.

Assim que entrou na creche, a primeira pessoa que o rapaz atacou foi a professora Keli Adriane Aniecevski, que conseguiu correr, mesmo ferida, até uma sala onde estavam quatro crianças e a agente educativa Mirla Renner, de 20 anos.

O homem continuou seus ataques e entrou na sala, matando três crianças, Keli e Mirla, que chegou a ser socorrida, mas não conseguiu resistir aos ferimentos.


Todas as vítimas encontradas, segundo reportagem do G1, receberam, pelo menos, cinco golpes de facão do suspeito. Ele tentou entrar em todas as salas da creche, mas as professoras conseguiram se trancar, protegendo as crianças.

Henryque, de um ano e oito meses, uma das crianças atacadas pelo jovem, recebeu atendimento e foi internado no Hospital da Criança de Chapecó. O menino foi o único sobrevivente ferido do ataque em Saudades, e, segundo os médicos, tem apresentado melhoras, com um quadro de saúde estável. Os médicos ainda não informaram quando ele terá alta, e ele segue se recuperando dos ferimentos.

Direitos autorais: Diego Hübler/arquivo pessoal.

O pai do garoto, Diego Hübler, contou que o dreno do pulmão do filho foi retirado na sexta-feira, dia 7. Nas redes sociais, ele compartilhou uma foto do menino em recuperação, ao seu lado tem um cartaz fixado na parede dizendo: “Você é um guerreiro”. Ele agradece a todas as pessoas que estão orando pelo filho e pelos familiares das crianças que não resistiram ao ataque.


Henryque teve ferimentos provocados por golpes de facão na bochecha, nos lábios, barriga e uma perfuração em um dos pulmões, sendo levado ao hospital de carro por vizinhos da creche, um aposentado e uma professora. Ailton Biazebeti, o homem que levou o menino para receber atendimento, conta que o médico informou que se estivessem esperado mais dez minutos, ele não teria resistido.

Direitos autorais: Lucas Liston/NSC TV.

Direitos autorais: Sirli Freitas/NSC.

Em estado grave, Henryque recebeu o primeiro atendimento em Pinhalzinho e depois foi encaminhado para Chapecó, onde está internado até o momento. Tendo passado por uma cirurgia, ele chegou a ficar internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do local. Hübler afirma que ele agora está em processo de recuperação, o que vai levar alguns dias, mas que tudo está correndo bem.


O jovem de 18 anos, autor do atentado à escola infantil Pró-Infância Aquarela, está internado no Hospital Regional do Oeste. Na tarde de sexta-feira, dia 7, ele recebeu alta da UTI, e o boletim médico afirma que o estado de saúde do rapaz é considerado estável e sua sedação foi retirada por completo.

A Polícia Civil aguarda que o jovem se recupere para passar por interrogatório, buscando descobrir qual foi a motivação do crime. A prefeitura do município reuniu autoridades para discutir quais serão as ações de segurança e apoio psicológico para a população da cidade. Os moradores ainda pediram que a Polícia Militar tenha um aumento no número de efetivados para atender melhor a todos.

Amazonita: a pedra do equilíbrio. Saiba quando e como usá-la!

Artigo Anterior

“Imperfeições perfeitas”: abandonada ainda bebê, por ser albina, adolescente se torna modelo da Vogue

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.