Comportamento

Beth Goulart revela que ora por familiar que transmitiu covid para Nicette Bruno: “Temos que ter compaixão”

Para Beth Goulart, o falecimento de sua mãe Nicette Bruno foi um dos planos de Deus e a parente responsável pela transmissão também deve estar passando por momentos difíceis.



A pandemia da covid-19 fez muitas vítimas ao longo de 2020, separando famílias e deixando uma forte sensação de impotência.

Por se tratar de uma doença invisível, muitas pessoas têm relaxado com as medidas de distanciamento social, deixando de cumprir as recomendações de órgãos importantes, como a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde.

Não é fácil lidar com o adoecimento de um ente querido, ver aquela situação e não poder ajudá-lo. A perda ressalta a importância de demonstrarmos amor diariamente a nossos familiares e amigos, sem deixar para depois o que pode ser feito hoje.


Para a atriz Beth Goulart, esse foi o principal ensinamento do luto. Após a perda da sua mãe (1933-2020), dia 20 de dezembro, vítima do coronavírus, a atriz tem usado suas redes sociais para passar mensagens de afeto, compaixão e conforto para todas as pessoas que estão na mesma situação.

No dia 29 de novembro, Beth fez um anúncio no seu Instagram informando aos fãs e familiares que a mãe havia contraído a doença, estava na CTI, mas utilizando respirador não invasivo. Após isso, a atriz continuou publicando atualizações sobre o estado de saúde de Nicette, convidando a todos diariamente para orações coletivas.

Infelizmente, o quadro da mãe se agravou e, no dia 20 de dezembro, a triste notícia de seu falecimento foi feita no perfil pessoal de Beth Goulart.


 




Ver essa foto no Instagram



 

Uma publicação compartilhada por Beth Goulart Oficial (@bethgoulartoficial)

Em entrevista ao jornal Extra, Beth Goulart afirma que sua mãe cumpriu o isolamento social de forma correta, sem sair de sua residência em nenhuma ocasião, criando uma espécie de redoma, durante dez meses. Elas moravam no mesmo condomínio, o que facilitou as visitas ao longo do ano, mas que eram feitas sempre com o uso de máscaras e mantendo distância. Mesmo cumprindo à risca os protocolos de segurança, em novembro, Nicette Bruno recebeu uma parente em sua residência, que foi a responsável pela transmissão do coronavírus.

Mesmo sob influência do luto, em momento algum a filha demonstrou sentimentos ruins pela familiar que contaminou sua mãe.

Beth acredita que a pessoa merece compaixão, pois não deixou de tomar cuidado de forma intencional, e deve ser um período difícil para ela também, já que tem consciência de que sua falha desencadeou um triste agravamento no caso de Nicette. Ela afirma ainda que a familiar precisa de todas as orações, pois esse foi um plano de Deus e não há como sermos contrários aos planejamentos d’Ele.

Beth Goulart já havia perdido seu pai, o ator Paulo Goulart, seis anos antes, de câncer mas, segundo ela, o processo do luto foi amenizado pela presença da mãe, que lhe ofereceu todo acolhimento e carinho possíveis.

Agora, sem a mãe para ajudá-la nos momentos mais sensíveis, o que conforta a atriz é saber que agora sua mãe e seu pai estão juntos.

A certeza de que Nicette está em um lugar melhor, cumprindo os planos de Deus, na presença de seu pai, são pensamentos capazes de fazer com que a atriz ainda encontre forças para ajudar outras famílias em suas redes sociais. Desde o falecimento da mãe, ela tem feito publicações constantes sobre a importância da compaixão, do amor ao próximo e do respeito mútuo.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@bethgoulartoficial.

Para Beth Goulart, ser filha de Nicette e Paulo foi o maior privilégio de sua vida e de seus irmãos, e que com eles pôde aprender sobre fraternidade e amor de forma verdadeiramente pura. Em seu Instagram, ela disse que seus pais ensinaram que todos fazemos parte de uma grande família universal, por isso somos responsáveis uns pelos outros.

Essa responsabilidade afetiva e emocional é uma das belíssimas mensagens passadas pela atriz, que faz questão de encontrar palavras sensíveis e carinhosas para todos que precisam neste momento. “A pandemia nos fez ver que o essencial é o amor. Dê amor enquanto você pode.”

Compartilhe esta história de compaixão com seus amigos nas redes sociais!

Menina que cortava cabelo por 2 reais ganha a própria barbearia aos 17 anos: “Agradeço a Deus”

Artigo Anterior

Menina com síndrome de Down vence leucemia e realiza sonho de ser modelo!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.