Notícias

Bolsonaro é recebido em Salvador com vaias e xingamentos de estudantes

Bolsonaro e recebido com xingamentos e vaias por estudantes na Bahia site

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi recebido em Salvador, na Bahia, na quarta-feira (16) com vaias, xingamentos e cobranças de estudantes no Senai Cinematec (Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia).

Com a chegada do presidente, os alunos fizeram um coro de “Ei Bolsonaro, vai tomar no cu” e “Fora, Bolsonaro”.

Alguns estudantes gritavam pela volta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao poder.

Outro vídeo mostra pessoas vaiando e pedindo que Bolsonaro “use máscara” em meio a pandemia da covid-19.

A agenda do presidente indica que ele ficará em Salvador até às 19h30 de hoje. Mais cedo, o chefe do Executivo foi homenageado com a medalha do mérito indigenista, concedida pelo ministro da Justiça Anderson Torres.

Criada em decreto de 1972, ela é dada “como reconhecimento pelos serviços relevantes em caráter altruísticos, relacionados com o bem-estar, a proteção e a defesa das comunidades indígenas”. Entre os condecorados anteriores, estão o cacique Raoni, o primeiro deputado federal indígena, Mário Juruna, e o sociólogo Darcy Ribeiro.

Bolsonaro, porém, não reconheceu uma terra indígena desde o início do governo, em 2019, como prometeu em campanha, defende exploração de minério em território protegido, e já disse que “índio é pobre coitado”. Ele também já foi denunciado duas vezes pela Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil) pela prática de “política anti-indígena”.

A coordenadora da entidade, Sonia Guajajara, afirmou que vão entrar com ação judicial para anular a medalha. “É totalmente inaceitável. Estou muito indignada com esse cinismo”, escreveu nas redes sociais.

0 %