Notícias

Bolsonaro escorrega e cai após discursar para vereadores, em Brasília; veja

Foto: Depositphotos.com
Bolsonaro escorrega e cai após discursar para vereadores em Brasília veja site

O presidente Jair Bolsonaro (PL) escorregou hoje ao tentar descer do palco em que discursava para vereadores presentes na Marcha dos Legislativos Municipais, em Brasília.

O mandatário, que foi ajudado por assessores após a queda, aparentemente não se machucou e realizou normalmente a tradicional live semanal horas depois. A cena foi exibida ao vivo pela TV Brasil.

No pronunciamento, Bolsonaro afirmou defender a causa municipalista e lembrou que foi vereador no início da carreira política. O evento é promovido pela UVB (União dos Vereadores do Brasil).

Segundo a organização, participam da conferência 3.500 vereadores de todos os Estados. O tema do encontro deste ano é “O Brasil do Futuro passa pela Liderança e o Protagonismo do Legislativo Municipal”.

Esse foi a terceira reunião pública com políticos de que Bolsonaro participou em Brasília nesta semana. Ontem, em evento com deputados, ele reiterou ataque ao Poder Judiciário, ao sistema eleitoral brasileiro e declarou apoio ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado no STF (Supremo Tribunal Federal) a 8 anos e 9 meses de prisão por estimular atos com pautas antidemocráticas no país. O ato também teve transmissão pela TV Brasil.

No encontro, o presidente da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ) leu um manifesto em defesa da liberdade de expressão, endossado por parlamentares bolsonaristas integrantes da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime, da qual Silveira foi eleito vice-presidente.

“Liberdade de expressão é alçada a direito fundamental absoluto, quando é para atacar crenças e valores caros a cristãos, em detrimento de outros direitos fundamentais”, disse o congressista.

Muitos cidadãos têm medo de expor suas opiniões por medo de represálias, sejam virtuais ou físicas. Não raro, alguém começar expressar suas ideias através de vídeos, áudios ou textos online, e os conteúdos serem derrubados pelos moderadores e terem seus canais suspensosDeputados bolsonaristas em defesa da Daniel Silveira

O manifesto foi lançado em resposta à determinação da ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber, que deu dez dias para que o presidente explique o indulto individual concedido a Silveira.

0 %